Batuqueiros comemoram aniversário de Macapá com canções regionais

batuqueiros
Foto: Fabiana Figueiredo

Por Fabiana Figueiredo

Centenas de batuqueiros, açucenas, crianças e artistas fizeram uma homenagem à cidade de Macapá, que comemora 258 anos nesta quinta-feira (4), na Praça das Bandeiras. Após um cortejo pelas ruas do Centro da capital, os músicos apresentaram canções regionais ao som de caixas de Marabaixo, metais e chocalhos.

10557773_759033397493394_8872011468881926845_o22O cortejo, resultado de um projeto de educação musical chamado Banzeiro do Brilho-de-Fogo, contou com a participação de artistas e produtores culturais, além de autoridades e a população em geral, que percorreu ruas da capital sob chuva. É a segunda vez que o projeto se apresentou no aniversário da capital.

“Deu uma atrasadinha, a chuva atrapalhou um pouco, mas vamos até a praça e fazer a apresentação especial do Banzeiro. É uma honra poder abrilhantar esse festejo maravilhoso, estão valorizando cada vez mais nossos espaços e a gente fica muito feliz em fazer parte disso”, disse o coordenador geral do cortejo, Adelson dos Santos.

O grupo cultural que f10557773_759033397493394_8872011468881926845_o221ez a apresentação conta com mulheres do Cordão de Açucenas, que, vestidas com camisas e adereços, convidam o público a dançar Marabaixo, ritmo regional do Amapá.

“Eu acho que a gente precisa dar esse presente para Macapá, resgatar verdadeiramente as tradições amapaenses e a história. Fico muito orgulhosa de participar porque sou macapaense de coração e a gente ama essas manifestações”, falou a dançarina açucena Jacineide M10557773_759033397493394_8872011468881926845_oiranda.

A programação do aniversário iniciou às 7h, com uma missa na Igreja São José, monumento histórico no Centro da cidade. O cortejo seguiu até a Praça das Bandeiras. Durante todo o dia acontece atividades culturais, cívica e torneio esportivo.

Este ano, a tradicional pescaria na praça Floriano Peixoto não aconteceu porque o espaço está em obras.

Fonte: G1 Amapá

Música de agora: MINHA CIDADE – Banda Placa

MINHA CIDADE – Banda Placa

Minha Cidade é tão linda
Quando é noite de lua cheia
A maré lançante batendo no quebramar
A luz da lua é quem clareia (é quem clareia)

Na pedra encantada meu São José
Abençoa quem parte quem chega
Na beira do rio o vento norte
Assanha os cabelos de quem passeia (de quem passeia)

MINHA MACAPÁ, minha rosa, minha açucena
Terra do Batuque e Marabaixo
Mas teu céu e das cores branco e morena
Onde o Rio Amazonas se zanga as serena

No verão No verão não tem coisa melhor
Mulher bonita tem de fazer gosto
No mês de julho no sol do equador
Minha cidade se veste de amor

Ê ô! Ê ô! Maçaricó
Eu quero ver Maçaricó

Acontece amanhã a programação cívica, religiosa e esportiva dos 258 anos de Macapá

12670842_561563420677400_6516960756655002470_n

Em comemoração aos 258 anos de Macapá, comemorado nesta quinta-feira, 4, a prefeitura promove uma série de atividades durante o dia. A programação terá início logo pela manhã, às 7h, com a celebração da santa missa em ação de graças pela cidade de Macapá. Logo em seguida a população e autoridades seguem em cortejo com o Banzeiro do Brilho de Fogo até a Praça da Bandeira, onde acontecerá a cerimônia cívica com o hasteamento das bandeiras.

Os macapaenses que preferirem comemorar com esporte podem participar do I Torneio Cidade de Macapá de Futebol voltado para a juventude, que será realizado a partir das 8h, no Estádio Glicério Marques. Durante a tarde, em parceria com o Amapá Garden Shopping, ocorrerá o Passeio Ciclístico Cidade de Macapá, além de uma programação especial em homenagem à cidade.

Programação religiosa e cívica

7h – Missa em ação de graças pela cidade de Macapá
Local: Igreja São José, Rua São José, Centro

8h30 – Saída do Cortejo do Banzeiro do Brilho de Fogo
Trajeto: Igreja São José até a Praça da Bandeira

9h – Cerimônia cívica de hasteamento das bandeiras

Programação esportiva

8h às 20h – Jogos da Juventude Cidade de Macapá
Local: Estádio Glicério Marques

16h – Passeio Ciclístico Cidade de Macapá – Realização Amapá Garden
Shopping, com apoio da prefeitura
Trajeto: Monumento Marco Zero até o Amapá Garden Shopping

17h30 – Homenagem à cidade de Macapá
Local: Estacionamento do Amapá Garden Shopping

Karla Marques/Asscom PMM
Contato: 99119-2467


Prefeitura Municipal de Macapá
Contato: (96) 98802-1358
Twitter: @PMMacapa
Página no Facebook: http://www.facebook.com/PrefeituradeMacapa
Instagram: @prefeiturademacapa
Site: www.macapa.ap.gov.br

Prefeitura de Macapá recolhe mais de 6 mil toneladas de lixo dos canais de vazão natural

20160126_091837

A Prefeitura de Macapá está cumprindo um extenso cronograma de limpeza dos canais de vazão natural em áreas periféricas de Macapá. Canais da Mendonça Junior, Nova Esperança, Jesus de Nazaré e Perpétuo Socorro estão recebendo serviços de limpeza e desobstrução.

Equipes das secretarias municipais de Manutenção Urbanística (Semur) e de Obras e Infraestrutura Urbana (Semob) trabalham em conjunto nos serviços de desassoreamento, remoção de lixo e entulho, capina, desobstrução de bueiros e galerias dos canais de vazão natural.

Do canal da Mendonça Junior foram retiradas 3.800 toneladas de sedimentos (terra acumulada no interior do canal) e entulho, no canal do Nova Esperança até o momento foram recolhidos cerca de 800 toneladas de lixo e no canal do Jesus de Nazaré foram retiradas das margens e área interna 1.600 toneladas, ou seja, a prefeitura já recolheu cerca de 6.200 toneladas de lixo e entulho que ocasionavam o impedimento da vazão das águas dos canais.

Segundo o secretário de Manutenção Urbanística, Manuel Bacelar, não basta apenas o poder público trabalhar, a população precisa contribuir. “A prefeitura trabalha intensamente para manter a drenagem e vazão natural dos canais de escoamento da cidade. Mas um dos grandes problemas é o acúmulo de lixo provocado por algumas pessoas. A população precisa fazer a parte dela, não jogando lixo e entulho às margens dos canais e nem dentro deles”.

Equipes de 80 homens continuam na execução dos serviços nos canais do Nova Esperança e Perpétuo Socorro.

Aline Brito/Asscom Semur
Contato: 99171-6190

Banzeiro do Brilho-de-fogo sai às ruas para homenagear Macapá

1-1
Foto: Mariléia Maciel

Por Cássia Lima

O tradicional cortejo cultural do Banzeiro do Brilho-de-Fogo fará uma homenagem ao aniversário de 258 anos da cidade de Macapá na próxima quinta-feira, 4, de fevereiro. A programação ocorrerá logo após a missa da antiga Igreja de São José e segue até a Praça da Bandeira, local das homenagens.

O Banzeiro do Brilho-de-fogo possui mais de 300 integrantes. O grupo é formado principalmente por jovens, idosos e crianças que descendem das primeiras famílias que viveram na Vila de São José de Macapá.

Os batuqueiros serão acompanhados neste segundo ano pelas mulheres do Cordão de Açucenas e as crianças do Jardim do Banzeiro, devidamente vestidas com camisas e adereços. O objetivo do cortejo é resgatar o desfile das tradições amapaenses, mostrando as músicas regionais, batuques e muito estilo.

Projeto

O projeto do cortejo Banzeiro do Brilho-de-fogo é resultado de um grupo de amigos que, reunidos em 2014, criaram com apoio de músicos e produtores culturais do Amapá, um projeto que valorizasse a cultura e a memória de Macapá.

Fonte: SelesNafes.com

Prefeitura e MPE tratam sobre situação de moradias irregulares na feira da Ana Nery

IMG_3784

Na manhã desta segunda-feira, 1° de fevereiro, o prefeito Clécio Luís e equipe técnica reuniram-se no Ministério Público Estadual com os promotores de Justiça Marcelo Moreira e Paulo Celso Ramos para tratar sobre demandas da política habitacional no município, entre elas alternativas para o remanejamento das moradias irregulares na feira da Ana Nery, localizada no bairro Perpétuo Socorro.

A reunião foi conduzida pelo titular da Promotoria de Meio Ambiente, promotor Marcelo Moreira, que considerou positivo o interesse da prefeitura em encontrar uma solução para o caso das famílias que ocupam os boxes da feira construída no lugar do primeiro incêndio. “O Município tem manifestado interesse em atender e busca resolver problemas que envolvem demandas habitacionais”.

Na oportunidade, a coordenadora do Comitê Gestor do Programa Minha Casa, Minha Vida, Mônica Dias e a secretária adjunta de Assistência Social e do Trabalho, Mônica Colares, esclareceram que das 516 famílias vítimas do incêndio ocorrido no dia 23 de outubro de 2013, 217 ficaram sob responsabilidade da Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho (Semast). Destas, 131 conseguiram comprovar que residiam na área do sinistro e 100 foram contempladas com uma unidade habitacional no Residencial Mestre Oscar Santos, inaugurado no mesmo ano.
IMG_3810
“As 31 famílias restantes deveriam ser contempladas no Macapaba II, e estão sendo atendidas pelo aluguel social pago pela prefeitura. A Semast já fez um levantamento sobre as famílias residentes na feira da Ana Nery e constatou 18 famílias. Destas, duas já foram contempladas, duas estão no aluguel social, três não tinham moradia própria no incêndio e moravam com os pais e 11 não são vítimas do incêndio”, explicou Mônica Colares.

Após os esclarecimentos, Clécio Luís garantiu que a prefeitura continuará acompanhando os casos para impedir que novas moradias irregulares sejam construídas e acenou a necessidade de futuras reuniões junto aos ministérios públicos do Estado e Federal, órgão fiscalizador do Programa Minha Casa, Minha Vida no município, para acompanhar a atuação da prefeitura com relação às demandas.

Andreza Sanches/Asscom PMM
Fotos: Max Renê

Macapá 258 anos: Praça da Bandeira passa por obras de revitalização

IMG_6713

Como parte das atividades de comemoração dos 258 anos de Macapá, que acontecerá no dia 4 de fevereiro, a prefeitura trabalha na revitalização de um importante logradouro público da cidade, a Praça da Bandeira, que foi inaugurada em 31 de março de 1977, data que celebrava o Golpe Militar no Brasil.

IMG_6722Há anos a praça não passava por reforma. Com a estrutura já desgastada, devido à ação do tempo e de vândalos, o espaço passa hoje por diversos reparos, com obras de recuperação de sua estrutura e ambientação artística, grafias regionais e a produção de esculturas feitas por artistas locais (criadas a partir dos troncos de árvores, retiradas do local devido à infestação por pragas).

A Praça da Bandeira recebe serviços de pintura, recuperação dos coretos e o recapeamento dos bancos em madeira de lei para aliviar a sensação térmica. O gramado está sendo totalmente recomposto e a arborização do espaço ganha novas mudas de plantas. Também está sendo revitalizada a parada de ônibus e feita a construção de três novas rampas de acesso para facilitar a locomoção das pessoas com deficiência.IMG_6708

O palanque principal passa por reparos e ganha uma nova pintura com as cores da bandeira do município e algumas intervenções artísticas com grafias Maracá e Cunani, além da recolocação dos mastros, que receberão de volta as bandeiras do Brasil, do Amapá, de Macapá, dos demais municípios do estado e a Olímpica, em alusão aos Jogos Olímpicos de 2016.

IMG_6731De acordo com o presidente da Fundação Municipal de Cultura, Jansen Rafael da Silva, a proposta dessa revitalização é recuperar este importante logradouro público, além de proporcionar a beleza estética da praça. “Tenho certeza que, a partir desse trabalho que está sendo feito, a população amapaense voltará a frequentar essa praça belíssima, no centro da cidade, que até pouco tempo tinha um diagnóstico seríssimo da presença de vândalos, problema que também está sendo resolvido com a intensificação do trabalho da Guarda Municipal. Essa é a nossa proposta, recuperar e revitalizar o espaço para resgatar o civismo e deixar a praça ainda mais bonita”.

IMG_6732O contabilista paraense Marilucio Ribeiro, que diariamente passa pela praça a caminho do trabalho, se diz surpreso e, ao mesmo tempo, feliz com os serviços que estão sendo feitos no local. “Para eu, que não sou de Macapá e, principalmente, para a população amapaense, acredito que a recuperação desta praça seja um passo importante para o resgate da identidade de uma parte da história da cidade. Até pouco tempo, eu considerava essa praça um local perigoso para se visitar devido à grande concentração de vândalos. Mas, agora, com essa reforma, o espaço ganha uma nova cara, mais bonita e com muito mais segurança para todos”.

IMG_6733O vendedor ambulante Barjonas Fernandes, que há anos trabalha no local, destacou as melhorias que as obras proporcionam para a população. “Para nós, que trabalhamos aqui, e, principalmente, para a população, que diariamente passa pelo local, está sendo muito importante a realização destes serviços. Com a revitalização da praça, além de ganharmos um ambiente mais bonito, ganharemos também mais segurança e muito mais qualidade nos serviços. O abrigo de ônibus, que antes estava cheio de goteiras e não oferecia condições de abrigar a população nos momentos de chuva, também passou por reforma. Agora sim, podemos contar com um espaço mais seguro e que nos traz proteção nos momentos de sol e chuva”.

Asscom PMM
Fotos: Saulo Silva
Prefeitura Municipal de Macapá
Contato: (96) 98802-1358

Denúncias de munícipes ajudam prefeitura no ordenamento urbano de Macapá

ouvidoria

Em Macapá, quem se deparar com material na rua ou calçadas, construções irregulares, ambulantes ocupando passeio público ou material comercial atrapalhando a transição de pessoas em logradouros públicos pode denunciar para a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (Semduh), pelo Disk Ouvidoria ou ir até o prédio do órgão.

De acordo com a ouvidora Odete Lima, os cidadãos que moram em Macapá estão contribuindo bastante com a prefeitura e ajudando no ordenamento da cidade. “Temos muitas ligações onde o cidadão informa sobre irregularidades, nos dão a localização correta e ajudam a fiscalização a cumprir seu papel”.

Odete Lima informa que em média são 5 ligações por dia e 20 por semana, e também tem os que vão a própria Semduh fazer a denúncia. “Não recebemos somente reclamações, mas também as pessoas dão sugestões e até elogios”.

A principal reclamação está na obstrução do passeio público. Muitos moradores têm a calçada como própria e constroem nela vários tipos de obstáculos aos transeuntes, que vai de bancos, jardins, placas, até das áreas comerciais, onde são colocados produtos e mercadorias dos empreendimentos. Mas, a Lei Municipal e o Código de Postura não permitem, pois as calçadas são públicas e não podem impedir a mobilidade das pessoas.

De acordo com o chefe da Divisão de Fiscalização de Postura de Macapá, Raimundo Cardoso, além da fiscalização rotineira e ações que a Semduh desenvolve, as denúncias são importantes ferramentas para o trabalho dos fiscais. “Quase 90% delas são precisas, ou seja, quando vamos averiguar constatamos a irregularidade”.

Procedimento da denúncia

O Disk Denúncia funciona 24 horas, de domingo a domingo. O denunciante pode fazer o procedimento por telefone ou presencial. No ato do atendimento é feita a abertura do processo contendo as informações, o mesmo pode conter fotos ou não, e será preenchido o nome, endereço e o número de telefone do denunciante (se ele quiser, ou pode ficar anônimo), depois é encaminhado aos departamentos competentes.

Segundo Odete Lima, o acompanhamento é feito pela Ouvidoria. “A resposta ao denunciante é feita por nós ou pelo Departamento de Atendimento ao Público. Ao final de cada mês, é feito um relatório com as denúncias para saber quantas foram atendidas ou não e o porquê que não foram”.

Serviço

O telefone do Disk Denúncia é o 98802-8129. A Semduh está localizada na Avenida Presidente Vargas, n° 831, entre as ruas Odilardo Silva e Eliezer Levy, no bairro Central.

Pérola Pedrosa/Asscom Semduh

Prazo para confirmar matrícula na rede municipal termina nesta sexta-feira, 28

unnamed-52-11

O prazo para a confirmação de matrículas na rede municipal de ensino de Macapá termina nesta sexta-feira, 29, para os pais que efetivaram a chamada escolar e a pré-matrícula. Essa fase trata-se da entrega da documentação das crianças nas escolas.

De 1º a 5 de fevereiro o sistema será reaberto para matrículas daqueles que perderam a chamada e para quem preencheu errado o formulário da pré-matrícula, tendo assim mais uma possibilidade de matricular o filho pelo site: www.prematricula.ap.gov.br.

Este ano, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) abriu mais de 6 mil novas vagas nas séries iniciais (1º e 2º períodos da educação infantil e 1º ano do ensino fundamental). A pré-matrícula foi aberta somente para essas séries, sendo a matrícula das séries intermediárias efetivadas diretamente nas escolas.

De acordo com registros no sistema, das mais de 8 mil efetivações na chamada escolar, 3.912 realizaram pré-matrícula, e até esta quinta-feira, 28, apenas 1.306 matrículas foram efetivamente confirmadas com a entrega de documentações nas escolas. “Já é cultural. Com certeza os pais deixarão para entregar os documentos nesta sexta-feira, último dia”, diz Cláudia Cunha, da coordenação de Matrículas de Macapá.

Fonte: SelesNafes.Com

Prefeitura garante restabelecimento imediato de energia elétrica no Bailique

reunião ministerio publico (5)

Na quarta-feira, 27, o prefeito Clécio Luís participou de uma reunião no Ministério Público Estadual (MPE) que visa buscar soluções para a falta de energia elétrica no arquipélago do Bailique. Participaram ainda da reunião o deputado Paulo Lemos; os senadores Davi Alcolumbre e Randolfe Rodrigues; os vereadores Nelson Souza e Washington Picanço, além de representantes da comunidade e da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA).

As duas principais vilas, Macedônia e Progresso, onde funcionam o cartório, serviço bancário, fábrica de gelo e posto da Polícia Militar, estão com serviços parados há mais de 30 dias. Segundo um dos líderes comunitários, Paulo Rocha, mesmo com a chegada do linhão, em 2014, as interrupções de energia continuam. “Nosso objetivo com essa mobilização é tentar encontrar uma solução o mais rápido possível para essa situação, que vem deixando o Bailique cada vez mais isolado”.
reunião ministerio publico (1)
Desde outubro de 2015, a falta de energia é constante, porém, a situação piorou desde dezembro do ano passado. Os dois sistemas de abastecimento elétrico, linhão e usina termoelétrica, apresentaram problemas e não funcionam. O primeiro, por problemas técnicos, e a usina, por falta de óleo para funcionamento dos geradores.

O procurador-geral de Justiça em exercício, Márcio Alves, destacou as consequências dessas constantes faltas de energia. “Hoje, a população não pode nem pescar porque não tem como armazenar esse produto. As escolas estão perdendo a alimentação, precisamos encontrar uma solução viável e rápida para esse problema”.

reunião ministerio publico (6)
Segundo a CEA, todo o processo de contratação até a chegada dos 230 mil litros de óleo para atender o Bailique demorará 45 dias. Diante dessa demora, o prefeito Clécio garantiu 60 mil litros de combustível para que seja restabelecida imediatamente a energia no arquipélago. “Embora o fornecimento não seja de competência da prefeitura, mas como a situação está tão caótica e crítica para a população, nós nos envolvemos no intuito de ajudar. Então, neste caso, vamos emprestar 60 mil litros de diesel para que, imediatamente, possam voltar a funcionar as usinas termoelétricas do Bailique para resolver o problema da população, que está há mais de 30 dias sem energia”.

“A prefeitura fez inúmeros investimentos que estão sendo prejudicados por essa falta de fornecimento. Temos que enviar quase todo dia medicamento, porque não tem como armazenar. Tivemos que suspender o fornecimento de vacinas e insulina para que os mesmos não estraguem. Compramos dois geradores para as escolas, mas eles não são suficientes porque foram feitos para funcionar provisoriamente, então a falta de energia estava desestruturando os serviços oferecidos ao povo da localidade”.

Adrynay Magalhães/Asscom PMM
Fotos: Saulo Silva

Macapá 258 anos: programação contará com missa, cerimônia cívica, jogos e passeio ciclístico

10891776_860598020628007_6726850566248757364_n

No dia 4 de fevereiro a capital Macapá completa 258 anos de fundação e as comemorações iniciam logo cedo, às 7h, na igreja matriz São José, com a celebração da santa missa em ação de graças pela cidade de Macapá. Depois, a população seguirá em cortejo com o Banzeiro do Brilho de Fogo até a Praça da Bandeira, onde haverá cerimônia cívica de hasteamento das bandeiras do Brasil, do Amapá, dos 16 municípios e dos Jogos Olímpicos de 2016.

Para a programação deste ano, a Prefeitura de Macapá revitaliza a Praça da Bandeira com ambientação artística para receber de volta as bandeiras, que serão hasteadas ao som da execução do Hino Nacional, Canção do Amapá e Hino de Macapá pela banda de música da Guarda Municipal. Os macapaenses que preferirem comemorar com esporte podem participar do I Torneio de Futebol da Juventude Cidade de Macapá, que será realizado a partir das 8h, no Estádio Glicério Marques, com a participação de mais de 16 equipes de diversos bairros.

10945499_892794160742796_6330090601329517488_o-1024x566

Programação religiosa e cívica

7h – Missa em Ação de Graças pela Cidade de Macapá
Local: Matriz de São José, Rua São José, Centro

8h30 – Saída do Cortejo do Banzeiro do Brilho de Fogo
Trajeto: Matriz de São José até a Praça da Bandeira

9h – Cerimônia Cívica de hasteamento das bandeiras do Brasil, do Amapá, dos 16 municípios e dos Jogos Olímpicos de 2016

Programação esportiva

8h às 20h – Jogos da Juventude Cidade de Macapá
Local: Estádio Glicério Marques

16h – Passeio Ciclístico Cidade de Macapá – Realização Amapá Garden Shopping, com apoio da prefeitura
Trajeto: Monumento Marco Zero até o Amapá Garden Shopping

17h30 – Homenagem à Cidade de Macapá
Local: Estacionamento do Amapá Garden Shopping

Asscom da Prefeitura Municipal de Macapá
Contato: (96) 98802-1358
Fotos: Raimundo Fonseca e Floriano Lima.

Empossados os novos conselheiros municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente

LrMobile2601-2016-053147408238828622

Em cerimônia ocorrida nesta terça-feira, 26, no maior complexo de assistência social do Brasil, o Macapá Criança, foi empossado o novo colegiado do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. São dez os novos conselheiros, sendo cinco representantes do governo municipal e cinco da sociedade civil organizada, com mandato para o biênio 2016/2017. Representando o prefeito Clécio Luís, a secretária de Educação, Dalva Figueiredo, empossou os conselheiros.

A solenidade foi aberta com apresentações culturais de dança e capoeira – balé clássico com as meninas do Projeto Comunidade em Ação, do bairro Novo Horizonte, Marabaixo com os jovens do grupo Artur Sacaca e roda de capoeira com crianças e adolescentes da Associação Desportiva e Cultural Bimbinha, atuante há 18 anos no bairro Jardim Felicidade I.

LrMobile2601-2016-050747264197744355Representante da Secretaria Municipal de Assistência Social e do Trabalho (Semast), Mônica Colares deixou a presidência para assumir a vice-presidência do conselho. Em sua fala, ela mencionou o desafio de se efetivar políticas de atenção à criança e ao adolescente. “Trabalhar com este público é uma honra, um grande desafio que requer atenção, empenho e compromisso de gestores, seja poder público, seja sociedade civil organizada. O importante é que todos se engajem na missão desta luta, que pensa políticas mais dinâmica e participativa”.

O novo presidente é Edem Ferreira dos Santos, representante da sociedade civil organizada pela Associação Desportiva e Cultural de Capoeira Bimbinha. “Dedico meu trabalho, que iniciei aos 14 anos de idade, aos parceiros que compõem esta rede de defesa das crianças e adolescentes: conselhos tutelares, Ministério Público, todos. Nossa atuação, enquanto membro de sociedade civil, é elaborar e propor políticas públicas para essa garotada”.

A secretária Dalva Figueiredo chamou a atenção dos cidadãos como fiscais dos governos. “Enquanto deputada federal votei em leis e participei de comissões de inquérito que tratou de pedofilia, violência, tráfico de crianças, tráfico de órgãos. Como cidadãos, temos a tarefa de dar visibilidade às ações e cobrar vereadores e deputados estaduais e federais na hora da votação dos orçamentos. Temos que mobilizar e pressionar para que eles votem a favor dos nossos anseios sociais, que garantam recursos e não permitam cortes no orçamento”.

A gestora continuLrMobile2601-2016-055247369293639210ou enaltecendo a nobre missão dos conselheiros. “Temos que estar atentos, por isso o conselho tem um papel fundamental. E não é porque é institucionalizado, mas porque tem responsabilidades na formulação e fiscalização de políticas públicas. Sinto-me honrada em estar com pessoas que assumem a responsabilidade de fiscalizar, pensar políticas e denunciar maus tratos”.

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Macapá é um órgão paritário, deliberador, formulador e controlador das políticas públicas voltadas a esses segmentos. Foi criado pela Lei nº 388, de 6 de dezembro de 1990, e foi revisto em 21 de novembro de 1993, quando passou a valer como Lei 585/93. Além de formular políticas públicas, é também atribuição do conselho manter o registro das entidades que atuam com crianças e adolescentes, bem como de seus programas e projetos, zelando para que as ações sejam realizadas em conformidade com o Estatuto da Criança e do Adolescente.

A posse contou com a participação de representantes da Câmara Municipal de Macapá, do Tribunal de Justiça, do Ministério Público, Associações dos Artistas do Amapá, do Juizado da Infância e Juventude da Comarca de Macapá, do Conselho Estadual do Direito da Criança e do Adolescente, e dos conselheiros tutelares das zonas norte e sul.

Rita Torrinha/Asscom Semed
Contato: 99189-8067