Morre Roberto Gomez Bolaños, mas o Chaves é eterno!

chaves11

O ator, escritor e comediante mexicano Roberto Gomez Bolaños, famoso por ter criado e protagonizado os sucessos “Chaves” e “Chapolin” morreu nesta sexta-feira. Segundo a rede Televisa, do México, ele estava em sua casa, em Cancun.

Ele enfrentava problemas de saúde desde 2012, quando foi internado por uma insuficiência respiratória. No dia 10 de novembro, a filha de Bolaños, Paulina Gomez, divulgou uma foto em que o ator usava uma sonda e comentou sobre a saúde debilitada do pai. A causa da morte não foi informada.10367681_10152572277007989_7400064766705758617_n

Trabalho reconhecido no mundo

“Chaves” foi o programa mais visto da televisão mexicana e foi dublado em 50 idiomas, segundo a Televisa.Além disso, Bolaños escreveu roteiros de 50 filmes no México e atuou em 11. No Twitter, ele tinha mais 6 milhões de seguidores.

As séries criadas por Bolaños tornaram-se um verdadeiro fenômeno no Brasil, onde são reprisadas até hoje — “Chaves” estreou no México em 1971.

Meu comentário: Chaves fez parte da infância de várias gerações. Assim como eu, milhões de pessoas nunca enjoaram de assistir o seriado criado por Roberto Bolaños. O mundo perde um gênio e nós um ídolo. Que Roberto faça a passagem em paz e siga a luz que sempre o acompanhou. Mas o Chaves e o Chapoli, amigos, são eternos!

Música de agora: Blues Man – BB King


Blues Man – BB King

Eu viajei várias milhas por aí
Parece que todo mundo quer me botar pra baixo
Porque eu sou um homem-do-blues
Mas eu sou um bom homem, entenda

Eu saltei na estação de ônibus
Olhei em cima do muro
Meu dinheiro é curto
Não pude ir a lugar algum
Sou um homem-do-blues
Mas sou um bom homem, entenda

A carga que eu carrego, oh, é tão pesada
Parece que não há ninguém neste grande mundo
Que iria querer, querer ajudar o velho b.
Hei, mas eu vou, eu iria estar bem, pessoal
Só me dê um tempo, boas coisas vêm
Aquelas esperas, e eu esperei um longo tempo…
Sou um homem-do-blues
Mas sou um bom homem, entenda

Show de Fafá de Belém encerra Círio Musical em Macapá


Acontece daqui a pouco, no Centro de Macapá, o show de encerramento do Círio Musical, ainda dentro da programação em homenagem a Nossa Senhora de Nazaré. Fafá de Belém é a convidada especial para o evento. A paraense sobe ao palco às 20h:30min. Os organizadores esperam mais de cinco mil pessoas no show.

Um palco foi montado ao lado do Teatro das Bacabeiras, e já recebeu durante a semana vários shows de artistas locais e nacionais. Fafá de Belém concedeu uma entrevista coletiva à tarde e disse que está muito feliz por estar em Macapá. Segundo ela, onde tiver homenagem à Nossa Senhora de Nazaré, e for convidada, nunca vai deixar de atender.

O genial comentário do Fernando


Há alguns dias, postei no Facebook um texto sobre antigamente (memórias), que já havia publicado aqui no blog. O comentário mais legal foi do genial Fernando Canto. Leiam: 

Lembrar também é celebrar. E quando se celebra se rememora, ou seja, se re-memora num tudojunto inebriante, pois o coração aguenta. E ao coração, como sabes , era atribuído o lugar da memória – re-cordis. Por isso recordei a coleta para a birita” – Fernando Canto

Como já disse antes, um comentário ou elogio do Fernando é uma honra. Valeu, Barbonez!

*Na primeira foto, Fernando toca e o lendário jornalista (já falecido) Hélio Pennafort sorri. Na segunda imagem, eu e Canto, tomando umas na casa dele. 

Elton Tavares

MP-AP firma termo de adesão com Ministério do Meio Ambiente


O Ministério Público do Amapá (MP-AP) celebrou, na última quarta-feira (3), em Brasília-DF, Termo de Adesão – MMA-A3P/2014 junto ao Ministério do Meio Ambiente (MMA). O Termo tem por finalidade integrar esforços para desenvolver projetos destinados à implantação do Programa “Agenda Ambiental na Administração Pública – A3P”, visando à inserção socioambiental no cotidiano da instituição e na qualidade de vida do ambiente de trabalho.

Caberá ao MMA/A3P, entre outras coisas, auxiliar o Ministério Público do Amapá na promoção de ações educativas e capacitação, visando: melhorar a qualidade do meio ambiente em todos os locais de trabalho; conscientizar os servidores, estagiários e terceirizados sobre a importância de se conservar o meio ambiente; e, ter responsabilidade no que se refere ao uso correto dos bens e serviços da administração pública.

No dia 30 de maio de 2014, a Procuradora-Geral de Justiça, Ivana Cei, instituiu a Comissão de Gestão Ambiental do Ministério Público do Amapá, composta por membros e servidores da instituição, atendendo, assim, a primeira meta do projeto. 

 “Nossa próxima meta é elaborar, com base no diagnóstico, o plano de ações estratégicas, incluindo aspectos socioambientais como: a gestão de resíduos sólidos e perigosos; redução de consumo, implantação da licitação sustentável e reaproveitamento de matérias; combate ao desperdício de energia e água; além de outras medidas necessárias”, ressaltou a PGJ.

O presente Termo de Adesão vigorará pelo prazo de cinco anos, não prorrogáveis, contados a partir da data de sua assinatura. A implantação do programa A3P faz parte do Planejamento Estratégico do Ministério Público do Amapá.
Assessoria de Comunicação do MP-AP

Projeto do Sesc ‘Transando Saúde’ chega a Laranjal do Jari

Por Fernanda Picanço

No período de 18 a 22 de agosto, o Serviço Social do Comércio (Sesc) realiza a primeira etapa do projeto “Transando Saúde”, no município de Laranjal do Jari. Durante a capacitação serão atendidos 40 alunos de escolas públicas.
O projeto tem como objetivo levar informações sobre doenças sexualmente transmissíveis, a fim de diminuir o índice de casos de DST´s, HIV/AIDS, considerando a peculiaridade existente no município.
Segundo a coordenadora de saúde do Sesc no Amapá, Cláudia Penedo, a relevância social do projeto se evidencia no momento em que favorece aos participantes a melhoria de conhecimentos sobre as DST´S/ HIV, e consequentemente a prevenção, diminuindo o índice de contaminação.
“É primordial expandir este leque de atuação do projeto, de modo a atuar no contexto escolar visando promover as estratégias supracitadas para as escolas de ensino público da rede estadual e municipal de Macapá, Laranjal e Oiapoque, considerando a sua realidade sociocultural”, disse a coordenadora.
Serviço: 
Sesc Amapá
Assessoria de Comunicação e Marketing
Fone: (96)3241-4440 (ramal 235)

Música de agora: Sol de Primavera – Beto Guedes


Sol de Primavera – Beto Guedes

Quando entrar setembro
E a boa nova andar nos campos
Quero ver brotar o perdão
Onde a gente plantou
Juntos outra vez…

Já sonhamos juntos
Semeando as canções no vento
Quero ver crescer nossa voz
No que falta sonhar…

Já choramos muito
Muitos se perderam no caminho
Mesmo assim não custa inventar
Uma nova canção
Que venha nos trazer…

Sol de primavera
Abre as janelas do meu peito
A lição sabemos de cor
Só nos resta aprender
Aprender…

Já choramos muito
Muitos se perderam no caminho
Mesmo assim não custa inventar
Uma nova canção
Que venha trazer…

Sol de primavera
Abre as janelas do meu peito
A lição sabemos de cór
Só nos resta aprender
Aprender…

As Domésticas retorna ao Teatro das Bacabeiras no domingo


A pedido de internautas nas redes sociais, a comédia mais hilária de Macapá faz mais uma apresentação, para a alegria de todos.

Com o sucesso da temporada de junho, centenas de internautas solicitaram pelas redes sociais a volta da hilariante comédia “As Domésticas” ao palco do Teatro das Bacabeiras. Assim, atendendo aos pedidos e para ninguém conter o riso, a peça entra em cartaz em única apresentação neste domingo, 17, às 20h.

As Domésticas é uma montagem da Cia. Teatro do Riso que teve grande aceitação do público amapaense. O enredo tem como temática histórias de vida de quatro secretárias do lar, que revelam os bastidores do seu cotidiano no trabalho e da vida de suas patroas. Na apresentação de domingo o espetáculo retorna com novos quadros, novas piadas e uma participação pra lá de especial da atriz Núbia Oliveira, encarnando a finíssima professora Caluda, já conhecida do Bar Caboclo.

As Domésticas, além de revelarem os conflitos que a cercam, como reivindicações salariais, conflitos entre namorados e familiares, revelam também o lado forte dos laços de amizade. Todas trabalham num mesmo prédio, moram na periferia da cidade e são felizes do seu jeito. Elas tentam, ao longo da trama, revelar os bastidores das patroas, denunciando-as através de suas atitudes, mas ao mesmo tempo enaltecendo suas virtudes.

Ficha técnica: Netho Montalvão, como Dalvinha; Rafael Nunes, como Doidinha; Francisco Ribeiro, como Fatinha; Arthur Cardoso, como Maguinha; Nubia Oliveira, como Caluda (participação especial); Concepção de Luz de Antonio Carlos; Sonoplastia de Abraão Barros; Figurinos e Maguiagem são da Cia. Teatro do Riso e a Direção Geral é de Genário Dunas.

Serviço:

Comédia As Domésticas
Local: Teatro das Bacabeiras
Hora: 20h
Meia: R$ 10,00
Inteira: R$ 20,00
Rita Torrinha
Contato: 9189-8067