Vacinação contra a Covid-19 será realizada por agendamento em Macapá a partir de segunda-feira (22); procedimento on-line já está disponível

A Prefeitura de Macapá liberou no sábado (20) o agendamento on-line da vacinação contra a Covid-19 para quem precisa receber a primeira, segunda ou terceira dose do imunizante. O procedimento está disponível no site da instituição e a vacina por agendamento inicia a partir da segunda-feira (22). A medida tem o objetivo de evitar aglomerações nos pontos da prefeitura com a liberação da dose de reforço (terceira dose) para o público em geral de 18 anos ou mais.

“Com a liberação pelo Ministério da Saúde, na segunda-feira vamos iniciar a aplicação da terceira dose da vacina contra a Covid-19 para o público de 18 anos ou mais, sem comorbidades. Pra evitar aglomerações nas nossas unidades, vamos fazer o agendamento de todos os públicos que precisam tomar a vacina, seja primeira, segunda ou terceira dose. Queremos garantir que a população tenha acesso à vacina de forma organizada e evitar a transmissibilidade do vírus”, informa o subsecretário de Vigilância em Saúde, Kleverton Siqueira.

Como agendar

O agendamento deve ser feito no site da Prefeitura (macapa.ap.gov.br) em duas etapas. Na primeira, o usuário se inscreve no Cadastro Único da Saúde (CadSaúde) através do link macapavacinada.macapa.ap.gov.br/Vacinacao/Autenticar?returnUrl=%2FVacinacao. Após cadastrado, o usuário realiza o agendamento da vacinação no link macapavacinada.macapa.ap.gov.br/Vacinacao, informando a dose que irá receber, bem como fazendo a escolha do horário e do local de vacinação disponíveis para o seu grupo.

Quem não tem acesso à internet ou não conseguir realizar o procedimento no site, pode fazer o agendamento em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) que realize a vacinação contra a Covid-19.

Locais disponíveis para agendamento

Os locais de vacinação por agendamento são as UBSs, que atenderão das 8h às 12 e das 14h às 18h, e os pontos extras, que funcionarão de 9h às 15h, de segunda a sexta-feira. Confira a relação:

Unidades Básicas de Saúde

UBS Brasil Novo

UBS BR-210

UBS Novo Horizonte

UBS Marcelo Cândia

UBS Álvaro Corrêa

UBS Pedro Barros

UBS Pedrinhas

UBS Raimundo Hozanan

UBS Padre Raul Matte

UBS Leozildo Fontoura

UBS São Pedro

UBS Rosa Moita

UBS Lélio Silva

UBS Marabaixo

UBS Cidade Nova

UBS Pacoval

UBS Perpétuo socorro

Pontos Extras

Unidade Covid Santa Inês

Macapá Shopping

Amapá Garden Shopping

Públicos atendidos

Nesses pontos, os grupos atendidos ao longo da semana serão:

1ª dose: adolescentes de 12 a 17 anos, público em geral de 18 anos ou mais;

2ª dose: de Pfizer, Astrazeneca e CoronaVac para grupos correspondentes;

3ª dose: idosos de 60 anos +, pessoas imunossuprimidas, profissionais da saúde e público em geral de 18 anos ou mais, com ou sem comorbidades.

Pontos de livre demanda

Os pontos de drive-thru da Praça Floriano Peixoto e do Zerão irão atender por livre demanda, ou seja, sem necessidade de agendamento. Nestes locais serão aplicadas, das 9h às 13h, exclusivamente, a 1ª dose da vacina para pessoas de 18 anos ou mais, e 2ª dose de CoronaVac e Astrazeneca para os grupos correspondentes.

Intervalo entre doses

1ª e 2ª dose

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) reduziu o intervalo entre a primeira e segunda dose de AstraZeneca para 21 dias, no mínimo, seguindo o mesmo intervalo entre D1 e D2 de Pfizer. No caso da Coronavac, o intervalo continua sendo de 30 dias, ou de acordo com a marcação no cartão do usuário.

2ª e 3ª dose

O intervalo entre a segunda e a terceira dose será de 5 meses para pessoas de 18 anos ou mais, com ou sem comorbidades, idosos e profissionais de saúde. Para pessoas imunossuprimidas o intervalo é de 28 dias entre a D2 e a D3.

Documentação

Para receber uma das doses dos imunizantes, é preciso apresentar originais e cópias de um documento oficial com foto, CPF, comprovante de residência e carteira de vacinação. Quem apresenta alguma comorbidade precisa também apresentar laudo médico que comprove a condição.

Para quem vai receber a 2ª ou 3ª dose, precisa apresentar a carteira de vacinação com indicação do recebimento de doses anteriores.

Secretaria Municipal de Comunicação Social

Prefeitura de Macapá realiza trabalho de assistência e recuperação na cidade após chuvas

A Prefeitura de Macapá deu início ao plano de recuperação da cidade após as fortes chuvas registradas na noite do último sábado (20).  De acordo com a Defesa Civil Municipal, durante as chuvas foram contabilizadas 72 ocorrências. Os bairros com o maior número de chamados foram o Beirol, nas vias próximas ao canal, Jardim Marco Zero, Universidade e Laurindo Banha, todos na zona sul da capital.

Na manhã deste domingo (21), o prefeito Dr. Furlan e os secretários municipais percorreram os pontos mais afetados. Foram vistoriadas Unidades Básicas de Saúde (UBS), escolas municipais, passarelas e ruas.

“No sábado, ainda durante a chuva, nossas equipes já estavam nas ruas pra amenizar os impactos. Nesta manhã retornamos às ruas trabalhando para dar o suporte necessário para o nosso povo que está sofrendo com essa situação. Não vamos descansar até que tudo esteja solucionado”, disse o prefeito.

Alan Santos, de 39 anos, tem um estabelecimento comercial na Sétima Avenida do bairro Congós, um dos locais mais afetados. “Ontem foi um dia muito conturbado, principalmente para os moradores daqui. O trânsito ficou interditado e muita gente teve prejuízos. Hoje, o Dr.Furlan já veio aqui e o problema já tá sendo resolvido” , disse o empreendedor.

Socorro e Assistência

Equipes da Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura Urbana (Semob) e Zeladoria Urbana estão trabalhando na limpeza e desobstrução dos bueiros, galerias e canais, locais para escoamento da água acumulada. As ações foram concentradas na bacia das Pedrinhas, Sétima Avenida no bairro Congós, rua Remo Amoras, no Muca, e Canal do Beirol.

“Infelizmente a maioria dos pontos de alagamento que identificamos foram causados por descarte incorreto do lixo. Com as chuvas fortes e inesperadas, aconteceram esses problemas de obstrução. Hoje continuamos nas ruas para dar continuidade à limpeza”, disse o secretário de Zeladoria Urbana, Jean Patrick.

“A Semob já atua no trabalho de recuperação dos canais naturais desde o início do ano. Já fizemos esse serviço na maioria dos locais que hoje estão alagados. Por isso, orientamos a população a nos ajudar para juntos amenizar essa situação”, finalizou o secretário municipal de Obras, Cássio Cruz.

Assistentes sociais também percorreram esses locais para identificar famílias em situação de vulnerabilidade social e que tiveram grandes prejuízos.

Balanço Noturno

A Defesa Civil Municipal ainda identificou prejuízos em sete escolas municipais e três Unidades Básicas de Saúde. Ainda na manhã deste domingo, esses problemas foram resolvidos com o apoio da comunidade.

Para pedidos de ajuda, o telefone da Defesa Civil é 98801-1153.

Narah Pollyne
Secretaria Municipal de Comunicação Social 

Semed entrega a partir de terça-feira (23) Cartão Merenda aos estudantes que ainda não receberam o benefício

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) irá iniciar a entrega do 2° lote do Cartão Merenda aos estudantes que ainda não haviam recebido o benefício. O cronograma de entregas é de 23 de novembro a 1° de dezembro e prevê dias específicos para que os pais e/ou responsáveis por estudantes de cada escola sejam atendidos.

O horário de atendimento será de 8h às 12h e 14h às 17h, no prédio administrativo da Semed, situado na Avenida Almirante Barroso, S/N, esquina com a Rua Hildemar Maia, bairro Santa Rita.

Os cartões que serão entregues estão com as 3 parcelas que já foram liberadas até o momento. Auxílio é no valor de R$ 400,00, divido em quatro parcelas.

Apenas estudantes com matrícula ativa em escolas municipais – e que ainda não receberam o cartão – terão direito aos valores. Esses alunos estavam enquadrados na categoria de ‘matrícula condicional’, de acordo com dados obtidos no Sistema de Gestão Escolar Proesc, indicando a falta de dados importantes no cadastro da criança. Portanto, esta etapa é destinada a quem realizou a atualização cadastral e a entrega dos documentos que estavam pendentes.

Apesar de não estarem no planejamento inicial do benefício, a Semed inseriu também os estudantes que ingressaram na rede municipal de ensino após o lançamento do benefício até a presente data.

Para receber o Cartão Merenda é preciso levar um documento de identificação com foto e CPF do responsável e do estudante. A entrega será exclusiva ao responsável legal do estudante registrado no momento da matrícula, sendo proibida a entrega de qualquer um dos cartões a terceiros, mesmo que conhecidos.

A prefeitura gerou o benefício no CPF da criança, com base nos dados cadastrados nas escolas. O Cartão Merenda possui saldo acumulativo, ou seja, caso o pai e/ou responsável não utilize todo o saldo referente àquele mês, o que sobrar será somado ao do próximo mês.

Cada cartão vem com um código QR no verso. A partir dele pode ser baixado um aplicativo para celular, para pagamentos on-line.

Suporte e Denúncias

A administradora do cartão disponibilizou um serviço de suporte ao cliente que pode ser acessado pelo WhastApp, através do número (91) 99166-4802. O atendimento ocorre no horário comercial, de 8h às 18h, apenas pelo aplicativo de mensagens.

Denúncias podem ser enviadas para a Ouvidoria da Semed, através do WhatsApp (96) 98801-9732.

Sobre o benefício

Com R$ 400,00 por aluno, a iniciativa está injetando aproximadamente R$ 13 milhões na economia local. O valor foi dividido em quatro parcelas de R$ 100,00 cada e serve para realizar compras de alimentos nos pequenos e grandes comércios credenciados da capital.

O benefício é voltado aos estudantes da rede municipal de ensino, como complemento da merenda escolar que já é servida nas escolas, visando a segurança alimentar dos alunos dentro e fora da escola.

Além disso, por reconhecer que a merenda escolar é fundamental no dia a dia, a prefeitura continuará ofertando a alimentação nas escolas, para os estudantes autorizados a frequentar as aulas no modelo presencial ou híbrido.

Lázaro Gaya
Secretaria Municipal de Educação

20 de Novembro Dia da Consciência Negra – Por Marcelo Guido

Por Marcelo Guido

Por que precisamos desse dia?

Criada em 2003, a data nos remete ao passado e tem o intuito de fazer uma reflexão da inserção do negro na sociedade brasileira, escolhido o dia 20 de novembro não à toa , já que é a data atribuída à morte de Zumbí dos Palmares, um dos maiores e históricos lideres negros que já habitou nossa pátria.

Mas por que ainda hoje precisamos refletir se somos no papel um país multirracial, se nosso sangue miscigenado encantou o pai da seleção natural Charles Darwin, se nossa sociedade é tropical, abençoada por Deus e bonita por natureza ?

É amigos, quem nos dera não precisar! Vivemos um verdadeiro “apartheid” não oficial. Isso porque a política nefasta, que por muitos anos foi responsável pela segregação na África do Sul, é aplicada em nosso país na pior forma, a forma oculta.

A necessidade de uma data oficial como essa é para lembrarmos que a cada 100 vítimas de assassinatos no Brasil , 71 são negras, que a extrema maioria de nossa massa carcerária nos presídios é negra, que a maioria das famílias que vivem na miséria no Brasil é negra. Por isso a reflexão.

A dívida que se tem com o povo afrodescendente é mil vezes maior , foram 400 anos de escravidão, marca essa que para poder tirar de nossa história, precisaríamos ser redescobertos.

O Brasil foi um dos últimos países a deixar de ser escravista. Por isso a reflexão. Para mostrar para muitos que politica de cotas raciais, instituída no Brasil apenas em 2014, não trata-se de uma esmola, e sim de uma reparação histórica para com o povo negro. Por isso a reflexão.

Pra lembrar a todos que foi só a partir de 2003, mais exatamente no dia 09 de janeiro, com o advento da lei 10.939, que o currículo escolar brasileiro teve que colocar a temática “História da Cultura Afro –Brasileira” para que os alunos pudessem entender o por que do respeito com a cultura Afro.

Só por esses aspectos, o dia da consciência negra já se faz necessário.

Refletir sobre os erros para que nunca mais eles sejam repetidos, para que o jovem negro possa ter orgulho de sua raça, origem e cor. Por mais cabelos naturais e menos alisamentos nas meninas . Que o orgulho negro seja realmente reconhecido.

Precisamos deste dia para saber que ascensão social do negro não é um favor, e sim um direito. Para que as escolas, repartições e universidades sejam sim um espaço de ampla inclusão.

Zumbi vive em cada jovem médico negro, em cada advogado negro em cada ministro negro, em cada professor negro.

Para que intelectuais históricos, como Machado de Assis e Castro Alves possam ser referenciados como realmente foram.

Para que o elevador social que é quase um templo- já diria Jorge Aragão – seja esquecido e realmente fique no passado. Para que Wilson Simonal saia do limbo cultural o qual foi colocado.

Para que máximas como a do grande educador Paulo Freire , reconhecido mundialmente pelos serviços prestados à educação, sejam enterradas de vez: “os negros nascem proibidos de serem inteligentes” .

Para que nossa sociedade seja mais justa e menos hipócrita.

Viva Zumbi, Cartola, Ivone, Jovelina, Mano Brow , Ben Jor, Leci, Serginho Chulapa , D2, Tony Tornado, Tim Maia, Mussum e todos aqueles que um dia lutaram por igualdade, meu máximo respeito.

Um Salve para todos os negros.

*Marcelo Guido é Jornalista, Pai da Lanna e do Bento e maridão da Bia.

Hemoap convoca voluntários para doação de sangue

A urgência é para abastecer as unidades hospitalares do Estado com as tipagens O+, O- e AB+ . Cada bolsa de sangue pode salvar até 4 vidas.

Por conta da baixa no estoque, o Instituto de Hematologia e Hemoterapia do Amapá (Hemoap) está convocando os doadores de todas as tripagens sanguíneas, sobretudo, os doadores voluntários com sangue tipo O+, O- e AB+. O Hemoap abastece todas as unidades hospitalares públicas e privadas do Estado.

A queda no abastecimento é observada desde o início da pandemia. As bolsas de sangue captadas pelo Hemoap abastecem todas as unidades de saúde do Estado do Amapá, tanto da rede pública quanto da rede privada, e essa baixa na captação reflete no abastecimento das unidades hospitalares, principalmente no Centro Covid do Hospital Universitário (HU), que está sendo o maior consumidor no momento.

Foto/Imagem: Instagram @hemoap

Critérios para doar sangue:

Pesar acima de 50 kg;
Ter idade entre 16 e 69 anos;
Estar em boas condições de saúde;
Não ter testado positivo para Covid-19 nos últimos 30 dias;
Não ter apresentado sinais ou sintomas de gripes nos últimos 14 dias;
É indispensável estar descansado e bem alimentado antes da doação.
Os menores de 18 anos necessitam de autorização dos responsáveis. A pessoa só é classificada como apta ou não para doar sangue após uma triagem clínica que consiste em um questionário sobre a saúde e vida do possível doador.

Endereço e funcionamento:

Avenida Raimundo Álvares da Costa, esquina com a Rua Jovino Dinoá. O funcionamento é pela manhã, entre 7h30 e 12h30. As doações podem ser feitas por comparecimento espontâneo ou agendamento através Whatsapp (96) 98811-0200.

Para mais informações ou dúvidas, acesse a plataforma do Hemoap.

Colaboração de texto: Izabele Pereira (Bolsista de Extensão do Escritório Modelo/Rádio e TV UNIFAP, 2021).

Covid-19: além dos locais tradicionais, os imunizantes serão ofertado em dois shoppings da capital neste sábado (20)

No sábado (20), a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) segue na campanha de vacinação contra a Covi-19 em Macapá e além dos pontos tradicionais de vacinação, como os pontos de drive-thru e Unidade Covid Santa Inês, o imunizante será ofertado em shoppings da capital, que atenderão o público das 10h às 17h.

Confira os locais, horário de funcionamento e público que serão atendidos:

Centro de Especialidades Papaléo Paes e Unidade Covid Santa Inês

Os dois locais funcionarão das 9h às 15h e neles poderão se vacinar os adolescentes de 12 a 17 anos que receberão a primeira dose da vacina, a segunda dose de Pfizer para quem tomou a primeira dose há 21 dias, no mínimo e, também, a terceira dose para idosos acima de 60 anos, profissionais da Saúde, imunossuprimidos e pessoas acima de 18 anos com comorbidades.

Macapá Shopping e Amapá Garden Shopping

Estes pontos de vacinação atenderão ao público das 10h às 17h e neles poderão se imunizar contra a Covid-19 os adolescentes de 12 a 17 anos. Neles também será ofertada a segunda dose de Pfizer quem tomou a primeira dose há 21 dias, no mínimo, e a terceira dose para idosos acima de 60 anos, profissionais da Saúde, imunossuprimidos e pessoas acima de 18 anos com comorbidades.

Pontos de drive-thru Zerão e Praça Floriano Peixoto

Estes pontos de vacinação funcionarão das 9h às 13h e atenderão ao público geral acima de 18 anos que receberá a primeira dose do imunizante contra a Covid-19. Também será atendido o público de segunda dose de CoronaVac que está no período de recebimento, e segunda dose de AstraZeneca para quem está com o recebimento marcado até 28 de novembro.

Período entre doses

Quem vai tomar a dose de reforço (terceira dose) deve obedecer ao período estabelecido entre a segunda e a terceira dose. Para idosos acima de 60 anos, profissionais da Saúde e pessoas acima de 18 anos com comorbidades, o intervalo entre a 2ª e a 3ª dose é de 5 meses. Já as pessoas imunossuprimidas devem obedecer ao intervalo de 28 dias entre a D2 e a D3.

Documentos

Para receber o imunizante, é necessário apresentar os originais e cópias de um documento oficial com foto, comprovante de residência, CPF, carteira de vacinação e laudo médico para os casos de comorbidades.

O público que receberá a segunda dose de qualquer imunizante deve apresentar a carteira de vacinação com indicação do recebimento da primeira dose. Já as pessoas que receberão a terceira dose da vacina deverão ter a indicação da aplicação da segunda dose do imunizante.

Secretaria Municipal de Comunicação Social

Covid-19: público acima de 18 anos com comorbidades começa a receber terceira dose nesta sexta-feira (19)

A Prefeitura de Macapá inicia nesta sexta-feira (19) a aplicação da terceira dose da vacina contra Covid-19 para o público acima de 18 anos com comorbidade. Quem completou o esquema vacinal com a segunda dose há cinco meses, pode garantir sua terceira dose em um dos pontos disponibilizados pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). A ampliação segue a nota técnica do Ministério da Saúde número 59 de 2021.

Além da terceira dose, a equipe da Semsa também continuará aplicando a primeira e a segunda dose para adolescentes de 12 a 17 anos, público acima de 18 anos e idosos. Confira os públicos, horários e locais de vacinação.

Vacinação nas Unidades Básicas de Saúde e Unidade Covid Santa Inês:

Público

1ª dose para adolescentes de 12 a 17 a anos e para público em geral vacinável a partir dos 18 anos;

2ª dose de Pfizer para quem iniciou o ciclo de imunização há 21 dias, no mínimo;

2ª dose de AstraZeneca para quem deve receber a D2 até 28 de novembro;

2ª dose de CoronaVac para quem está no período de recebimento;

3ª dose para pessoas com 18 anos com comorbidades e

3ª dose para idosos acima de 60 anos, pessoas imunossuprimidas e profissionais da saúde.

Locais das 8h às 12h e das 14h às 18h

UBS Brasil Novo

UBS BR-210

UBS Novo Horizonte

UBS Marcelo Cândia

UBS Álvaro Corrêa

UBS Pedro Barros

UBS Pedrinhas

UBS Raimundo Hozanan

UBS Padre Raul Matte

UBS Leozildo Fontoura

UBS São Pedro

UBS Rosa Moita

UBS Lélio Silva

UBS Marabaixo

UBS Cidade Nova

UBS Pacoval

UBS Perpétuo Socorro

Local das 9h às 15h

Unidade Covid Santa Inês

Vacinação nos pontos de drive-thru

Público

1ª dose para o público em geral acima de 18 anos;

2ª dose de Astrazeneca para quem está no período de recebimento até 28/11 e

2ª dose de CoronaVac para quem está na data de recebimento.

Horário

9h às 13h

Locais

Drive-thru do Zerão e da Praça Floriano Peixoto

Documentos

Para receber o imunizante, é necessário apresentar os originais e cópias de um documento oficial com foto, comprovante de residência, CPF e carteira de vacinação.

O público que receberá a segunda dose deve apresentar a carteira de vacinação com indicação do recebimento da primeira dose. Já as pessoas que receberão a terceira dose do imunizante, deverão ter a indicação da aplicação da segunda dose da vacina.

Secretaria Municipal de Comunicação Social

Universidades Federais do RS e do MA, em parceria com Unifap, realizam seminário sobre pesquisa criação nas Artes Cênicas

O evento acontece virtualmente entre os dias 23 de novembro e 2 de dezembro.

Os Programas de Pós-Graduação em Artes Cênicas das Universidades Federais do Rio Grande do Sul e do Maranhão, em parceria com a Universidade Federal do Amapá, realizam o Seminário Franco Brasileiro de Pesquisa Criação em Artes cênicas. O objetivo do seminário é reunir investigadores do Brasil, Canadá e França para discutir o estado atual da pesquisa e criação em seu contexto acadêmico e suas possíveis direções para protocolos e divulgação já realizados ou em curso.

O encontro virtual contará com a presença de quatro pesquisadores que compartilharão opiniões sobre a temática. Além disso, o evento também terá a participação de estudantes de pós-graduação e professores visitantes. Todas as atividades terão início às 14h, e o acesso à sala será através da plataforma Google Meet.

Para ouvintes externos, a participação será possível após inscrição online. O evento acontece entre os dias 23 de novembro e 2 de dezembro. Para outras informações, acesse: https://sigeventos.ufma.br/eventos/public/evento/SFBPCAC2021.

Colaboração de texto: Daniele Queiroz (Estagiária de Extensão do Escritório Modelo/Rádio e TV UNIFAP, 2021)

 

Semed realiza Chamada Escolar Unificada para o ano letivo de 2022

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) alerta os pais e/ou responsáveis por estudantes que pretendem ingressar no ano que vem em algum nível ou modalidade de ensino ofertado pelo município, para a realização da Chamada Escolar 2022. Diferente do processo da rematrícula, em que o aluno já está inserido na rede municipal e irá permanecer nela, a Chamada Escolar é voltada para os estudantes que pleiteiam vagas na educação de Macapá.

Podem se inscrever alunos que no ano que vem têm interesse em estudar em uma escola municipal, seja ela da zona urbana ou rural, em turmas do maternal II, III e IV, 1º e 2º períodos da pré-escola, 1º ano do Ensino Fundamental e as 1ª e 3ª fases da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

O serviço teve início nesta terça-feira (16) e seguirá até o dia 15 de dezembro, em regime de colaboração com o Estado e o município de Santana. Através deste procedimento, os responsáveis pelos alunos terão a oportunidade de sinalizar essa demanda para que a Semed realize o reordenamento escolar do próximo ano.

A inscrição na Chamada Escolar poderá ser realizada através do site www.escolapublica.ap.gov.br ou através do preenchimento de um formulário impresso na escola municipal pretendida. A chamada serve como um termômetro das demandas por vagas, mas não garante vaga. O procedimento antecede a pré-matrícula para o ano letivo de 2022.

Documentação necessária

Para realizar a chamada escolar você vai precisar dos seguintes documentos:

Responsável: RG; CPF; comprovante de residência e e-mail;

Para o estudante menor de 18 anos: certidão de nascimento; CPF; carteira de identidade e cartão do SUS;

Para o estudante maior de 18 anos: certidão de nascimento; CPF; cartão do SUS e e-mail.

Polos de atendimento

Algumas escolas também irão dar suporte aos pais e/ou responsáveis com dificuldade no preenchimento ou que não tenham acesso à internet. São elas:

EMEF José Leoves Teixeira – Rua Renascimento, 2041 – Renascer

EMEF Eunice das Chagas – Avenida Ceará, 13 – Pacoval

EMEF Roraima – Rua Hildemar Maia, 2549 – Buritizal

EMEF Maria Bernadete – Rua Djalma Nascimento, 1227 – Zerão

Secretaria Municipal de Educação

Vacinação contra Covid-19 segue na capital; confira os grupos alcançados nesta quinta-feira (18)

Nesta quinta-feira (18), a vacinação alcança vários públicos da capital com aplicação da primeira, segunda e terceira dose. A equipe da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) estará nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Unidade Covid Santa Inês e os pontos de drive-thru fixos. Para receber o imunizante, é necessário apresentar os originais e cópias de um documento oficial com foto, comprovante de residência, CPF e carteira de vacinação.

Além disso, o público que receberá a segunda dose deve apresentar a carteira de vacinação com indicação do recebimento da primeira dose. Já as pessoas que receberão a terceira dose do imunizante, deverão ter a indicação da aplicação da segunda dose da vacina.

Confira os públicos, horários e locais de vacinação:

Vacinação nas Unidades Básicas de Saúde e Unidade Covid Santa Inês

Público

1ª dose para adolescentes de 12 a 17 a anos e para público em geral vacinável a partir dos 18 anos;

2ª dose de Pfizer para quem iniciou o ciclo de imunização há 21 dias, no mínimo;

2ª dose de AstraZeneca para quem deve receber a D2 até 28 de novembro;

2ª dose de CoronaVac para quem está no período de recebimento e

3ª dose para idosos acima de 60 anos, pessoas imunossuprimidas e profissionais da saúde.

Locais das 8h às 12h e das 14h às 18h

UBS Brasil Novo

UBS BR-210

UBS Novo Horizonte

UBS Marcelo Cândia

UBS Álvaro Corrêa

UBS Pedro Barros

UBS Pedrinhas

UBS Raimundo Hozanan

UBS Padre Raul Matte

UBS Leozildo Fontoura

UBS São Pedro

UBS Rosa Moita

UBS Lélio Silva

UBS Marabaixo

UBS Cidade Nova

UBS Pacoval

UBS Perpétuo Socorro

Local das 9h às 15h

Unidade Covid Santa Inês

Vacinação nos pontos de drive-thru

Público

1ª dose para o público em geral acima de 18 anos;

2ª dose de Astrazeneca para quem está no período de recebimento até 28/11 e

2ª dose de CoronaVac para quem está na data de recebimento.

Horário

9h às 13h

Locais

Drive-thru do Zerão e da Praça Floriano Peixoto

Secretaria Municipal de Comunicação Social

Encerra nesta quinta-feira (18) prazo para inscrição em editais de cultura de Macapá

A Prefeitura de Macapá, através da Fundação Municipal de Cultura (Fumcult), lançou no dia (30) de outubro três novos editais, são eles: 003, voltado aos novos talentos; 004 direcionado para arte presente; 005 que atende a manutenção dos espaços culturais do município de Macapá – todos amparados na Lei Aldir Blanc, 14.017 de 2021, com recursos remanescentes de 2020.

Para complementação de recursos, a Fumcult tem em conta R$ 1,4 milhão que será direcionado aos editais.

Período para inscrições

Os certames tiveram o prazo estendido. Para participar, a inscrição deve ser finalizada dentro do período hábil exclusivamente no Sistema Municipal de Informações e Indicadores Culturais (SMIC).

ACESSE OS DOCUMENTOS AQUI

Cronograma:

29/10/2021 – Publicação do Edital

03/11/2021 a 04/11/2021 – Prazo de impugnação do Edital

05/11/2021 a 08/11/2021 – Prazo de resposta da impugnação do Edital

08/11/2021 a 18/11/2021 – Período de inscrição conforme art. 9 do edital

19/11/2021 a 23/11/2021 – Análise documental dos proponentes

24/11/2021 a 03/12/2021 – Análise técnica dos portfólios

07/12/2021 – Divulgação do resultado preliminar de proponentes habilitados e inabilitados

08/12/2021 a 09/12/2021 – Prazo para recursos

10/12/2021 a 13/12/2021 – Análise dos recursos

13/12/2021 – Divulgação do resultado final da análise técnica dos proponentes

13/12/2021 – Publicação da portaria de convocação para apresentação de documentação

14/12/2021 a 16/12/2021 – Prazo para apresentação de documentação

17/12/2021 – Publicação da portaria de convocação para assinatura do termo de parceria/compromisso

20/12/2021 a 22/12/2021 – Prazo para assinatura do termo de parceria/compromisso

Esclarecimentos e informações poderão ser obtidos na Fumcult e pelo e-mail ddc[email protected]

Naiara Milhomem
Secretaria Municipal de Comunicação Social

 

Refis 2021: 30 de dezembro é o prazo final para adesão ao programa

A Prefeitura de Macapá prorrogou para 30 de dezembro o prazo para adesão ao Programa de Recuperação Fiscal (Refis). A medida levou em consideração as oscilações no sistema responsável pela adesão e, também, a concessão de uma nova oportunidade para que o contribuinte quite seus débitos junto a Secretaria Municipal de Finanças (Semfi).

“A prorrogação incluiu dívidas tributárias ou não, mesmo aquelas que já foram ajuizadas ou protestadas até o dia 31 de julho”, diz o subsecretário de Receita do município, Elcides Vales.

O Refis abrange o Alvará de Funcionamento, Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), Imposto sobre Serviço (ISS) e demais taxas. Porém, o programa não contempla o Imposto Sobre Serviço (ISS) retido na fonte, o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI).

Prazos e descontos para pagamentos à vista

As adesões feitas até o dia 30 de novembro garantem desconto de até 100% de juros e multas para pagamentos à vista. Já quem fizer a adesão até o dia 15 de dezembro e fizer o pagamento à vista terá uma redução de até 90%.

Descontos para pagamentos parcelados

O contribuinte que desejar realizar o pagamento de forma parcelada também terá desconto das multas e juros de mora e de ofício, e das multas isoladas sobre o valor do encargo legal. Os parcelamentos em até 36 prestações garantem 70% de desconto para débitos no valor de até R$ 160.000,00. Os pagamentos em até 48 prestações terão 60% de desconto para débitos no valor até R$ 360.000,00. O contribuinte que optar por parcelar em até 60 prestações, vai ter uma redução de 50% para débitos de até R$ 600.000,00. Os usuários que fizerem o parcelamento em até 72 prestações terão 40% de desconto para débitos no valor até R$ 800.000,00 e os parcelamentos feitos em até 97 prestações terão 30% de desconto para débitos no valor acima de R$ 1.200.000,00.

Adesão

A adesão ao Refis deve ser feita junto à Central do Contribuinte, que funciona na Rua Jovino Dinoá, 488, no Trem. Os atendimentos são realizados de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h. Em razão do novo prazo, a Central funcionará também, excepcionalmente, nos dias 27/11 e 04/12 (sábado) para atender esta demanda.

Além desse local, o usuário também poderá acessar o site da Prefeitura de Macapá, disponível no endereço macapa.ap.gov.br para fazer a adesão on-line ao Refis.

Eventuais dúvidas e demais questões podem ser sanadas através dos telefones (96) 98801-4139, (96) 98813-3613 e (96) 98813 3620, que funcionam tanto para ligação, quanto para WhatsApp.

Ewerton França
Secretaria Municipal de Comunicação Social

MPF exige certificado de vacinação contra covid-19 para ingresso na unidade no Amapá

Sede do MPF no Amapá — Foto: Jorge Abreu/arquivo G1 – Medida vale para os públicos interno e externo, a partir de 16 de novembro

O ingresso no prédio da Procuradoria da República no Amapá (PR/AP) – unidade administrativa do Ministério Público Federal (MPF) –, a partir de 16 de novembro, está condicionado à apresentação de certificado de vacinação contra a covid-19. A medida, estabelecida pela Portaria PR/AP nº186, de 9 de novembro de 2021, é válida para os públicos interno e externo.

Serão aceitos como comprovantes de vacinação o certificado emitido pelo aplicativo ou plataforma Conecte SUS, do Ministério da Saúde, e o cartão de vacinação, expedido pelos órgãos de saúde locais. A apresentação do documento por advogados, agentes públicos de outras instituições, membros e servidores aposentados, familiares do público interno e cidadãos deve ser feita ao servidor ou terceirizado responsável pela portaria da PR/AP.

Não vacinados poderão acessar o prédio somente se apresentarem teste de covid-19 negativo. O teste RT/PCR ou antígeno deve ter sido realizado em, no máximo, até 72 horas antes da ida à unidade do MPF. A não contaminação testada deve ser comprovada todas as vezes que o usuário pretender ingressar no prédio.

O ato normativo estabelece que o descumprimento dos requisitos impede o acesso do público às dependências da PR/AP. Frisa, ainda, que os termos da portaria não afastam a necessidade de observância das regras de biossegurança e dos protocolos de enfrentamento à covid-19 estabelecidos pelas autoridades sanitárias, como uso de máscara e distanciamento social.

Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal no Amapá
(96) 3213 7895 | (96) 98409-8076

Inscrições gratuitas para três editais de apoio a Cultura de Macapá seguem até o dia 18 de novembro

A inscrição é gratuita e acontece de 8 a 18 de novembro. Certames são baseados na Lei Aldir Blanc de apoio à cultura.

Fundação Municipal de Cultura (Fumcult) iniciou no último dia 8 de novembro,  as inscrições dos três editais baseados na Lei Aldir Blanc 14.017 de 2021, de apoio à cultura de Macapá. Os certames têm como finalidade fomentar a cadeia produtiva artística e cultural afetada pela pandemia de Covid-19. As inscrições são gratuitas e seguem até o dia 18 de novembro.

Editais

O edital no 003/2021 denominado “Novos talentos” é direcionado à seleção e premiação de 131 artistas iniciantes residentes e atuantes na cidade de Macapá. O valor da premiação por contemplado é de R$ 2 mil, com o investimento total de R$ 262 mil.

O edital no 004/2021 “Arte Presente” prevê a premiação a 187 artistas veteranos. Cada premiação terá o valor de R$ 4 mil em reconhecimento às atuações e contribuições do segmento. O total investido é de R$ 748 mil.

O edital no 005/2021 “Manutenção dos espaços culturais no município de Macapá” tem como objetivo a seleção e premiação de 40 pontos de cultura. Cada premiação será no valor de R$ 12 mil e o investimento total soma R$ 480 mil.

Inscrições e requisito

A inscrição é feita exclusivamente no sistema Municipal de Informações e Indicadores Culturais (SMIIC) de forma gratuita, a partir das 14h de segunda-feira e seguem até às 18h00 do dia 18 de novembro.

O resultado final e as portarias de convocação estarão disponíveis SMIIC.

Acesse os editais: https://fumcult.macapa.ap.gov.br/editais/

CRONOGRAMA

Secretaria Municipal de Comunicação Social