Central de Abastecimento é pauta de encontro entre prefeitura e Conab

Considerado um espaço importante para o desenvolvimento do setor primário, a Central Municipal de Abastecimento, localizada na zona norte, voltou a ser discutida pela Prefeitura de Macapá, em encontro feito na segunda-feira, 31. A reunião aconteceu com a presença do prefeito Clécio Luís, superintendente regional da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Asdrubal de Oliveira, secretários, procuradores do Município e do senador Davi Alcolumbre.

O prédio da Central Municipal de Abastecimento foi erguido em 1999, na gestão do comandante Anníbal Barcellos, mas nunca efetivamente utilizado com a finalidade de armazenamento de grãos e alimentos, e/ou preservar os produtos comercializados na capital após as vendas nas feiras. Para resolver a questão, Prefeitura de Macapá e Conab fecharão acordo de Cooperação Técnica, para obter recursos federais para finalizar a construção do espaço e promover as reformas necessárias para o funcionamento do local.

“Nossa intenção é formalizar a Cooperação Técnica, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico [Semdec], e darmos andamento aos projetos da Conab, os quais podem ser feitos em parceria com a prefeitura, a exemplo do Programa de Aquisição de Alimentos, o PAA”, explicou Asdrubal Oliveira.

O PAA é uma ação do Governo Federal, criado em 2003, para colaborar com o enfrentamento da fome e da pobreza no Brasil, e, ao mesmo tempo, fortalecer a agricultura familiar. Inclusive, tem sido uma das demandas mais expostas ao prefeito Clécio nas ações do Congresso do Povo, nas áreas rurais de Macapá, que antevê a construção do Plano Plurianual para os anos 2018 a 2021.

Clécio pediu celeridade para esse processo ao titular da Semdec, Lucas Abrahão, e destacou como fundamental a abertura do espaço. “A Central de Abastecimento já está com 87% da obra executada. Vamos atrás de recursos federais para a conclusão do espaço, de extrema importância para as comunidades agrícolas de Macapá”, garantiu o prefeito.

O senador Davi disse que não medirá esforços para assegurar esses recursos para a finalização das obras e reformas da Central, junto aos ministérios do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). “Com a ajuda da Conab, conversaremos em Brasília para que esse espaço se torne uma realidade no município, necessário para, inclusive, subsidiar outros municípios amapaenses quanto ao armazenamento de grãos e alimentos, hoje, armazenado em Ananindeua, no Pará”.

Participaram ainda do encontro o secretário municipal de Planejamento, Paulo Mendes, a procuradora-geral de Macapá, Taísa Mendonça e a subprocuradora Rayssa Carvalho.

Júnior Nery
Assessor de comunicação/PMM
Fotos: Rui Brandão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *