Chove em Macapá, graças à santa intervenção de São José (devaneio)

Eu estava preocupado com o calor infernal de Macapá. Até brincava dizendo que íamos emendar um verão no outro.

Com a chuva de ontem e de hoje, desconfio que rolou alguma intervenção celestial. Nosso padroeiro, São José, deve ter ligado para o amigo São Pedro, saquem como foi essa conversa:

SJ: “Fala, São Pedro! É São José, quero lhe pedir um favor, cara. Mande umas chuvas para a minha Macapá. O negócio está feio por aqui e como esses assuntos são da sua responsa, veja o que podes fazer”.

SP: “Salve, nobre carpinteiro, deixa comigo, vou mandar uns pés d’águas, ao menos para aliviar a capital amapaense. Afinal, como eu poderia negar isso para uma cidade aonde ficas bem em frente?”

Depois de desligar, São Pedro deve ter pensado: “Caramba, eu aqui preocupado com tantos outros lugares do mundo e o Zé vem com esse papo de Macapá”.

Bom, vocês podem até me chamar de doido (mas não de herege, por favor!), só que a ligação surtiu efeito, isso surtiu. Graças a Deus (ou aos seus assessores).

Elton Tavares

*Texto republicado toda vez que demora pra chover.

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*