Ciência: Estado lança programa de pesquisa com incentivo para até 18 projetos na área da saúde

Foto: Arquivo Secom

Por Ailton Leite

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Amapá (Fapeap) lançou na última segunda-feira, 27, o edital de chamada pública para a 5ª edição do Programa de Pesquisa para o SUS: Gestão Compartilhada em Saúde – PPSUS no Amapá.

A ideia é apoiar financeiramente o desenvolvimento de pesquisas que buscam contribuir para as prioridades de saúde da população amapaense. A novidade é que, nesta edição, serão financiados até 18 projetos atendendo diferentes eixos – cada um deles com linhas de pesquisa voltadas aos impactos da covid-19 no Amapá.

O PPSUS é um programa do Ministério da Saúde e do Ministério da Ciência e Tecnologia em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Ele é estabelecido por meio de um convênio entre a Fapeap e o CNPq e, envolve uma contrapartida financeira do Governo do Estado. No Amapá, o programa é coordenado pela Fapeap em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde (Sesa).

A diretora-presidente da Fapeap, Mary Guedes, explica que, nesta edição, a ação contará com um investimento de R$ 800 mil – destes, R$ 200 mil são contrapartida do Estado.

“Conseguimos dobrar o valor total dos recursos disponíveis para o programa, que na última edição disponibilizou R$ 386 mil”, destacou.

Os projetos devem atender os seguintes eixos temáticos: doenças transmissíveis; doenças crônicas não transmissíveis; saúde materno infantil; agravos relacionados à violência; trabalho e meio ambiente; e fluxos e processos de gestão.

“‘Devido à pandemia, o Ministério da Saúde solicitou a inclusão, em cada eixo, de uma linha de pesquisa referente a estudos e impactos da covid-19 no Amapá”, acrescentou.

O lançamento da Chamada pública será na página da Fapeap, no endereço eletrônico www.fapeap.ap.gov.br.

Já o envio das propostas deve ser encaminhado por meio de um formulário eletrônico disponível no Sistema de Informação de Ciencia e Tecnologia em Saúde (SISC&T), que pode ser acessado no endereço http://sisct.saude.gov.br/sisct. As propostas devem ser encaminhadas até o dia 4 de setembro.

Para submissão, os candidatos precisam ter mestrado ou doutorado; graduados podem compor a equipe de pesquisa.

PPSUS Amapá

A 1ª edição do Programa de Pesquisa para o SUS: Gestão Compartilhada em Saúde – PPSUS ocorreu em 2004 e financiou 5 projetos. Desde a 1ª edição até a 4ª, lançada em 2016 e que ainda está com alguns projetos em execução, já foram investidos aproximadamente R$ 1,5 milhão em projetos de pesquisas relacionadas a saúde no Amapá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *