Cinquentando na Quarentena: em comemoração ao seu aniversário, cantora Patrícia Bastos se apresenta em live, neste sábado (18)

Hoje (18), a partir das 20h30, a cantora Patrícia Bastos comemorará seus 50 anos de vida com um show on-line. A live, denominada Cinquentando na Quarentena, será transmitida pelos perfis da artista nas redes sociais Instagram (https://www.instagram.com/patricia_bastoss/) e Facebook (https://www.facebook.com/patricia.bastos.5209).

A ideia inicial da cantora para a comemoração dos seus 50 anos, seria um grande show em Macapá, neste mês de abril. Mas como a pandemia do novo coronavírus fez o mundo parar, Patrícia Bastos festejará via internet, mas bem pertinho do coração de seus familiares, amigos e fãs.

Filha da cantora Oneide Bastos, irmã e mãe de músicos e compositores, Patrícia Bastos é uma das grandes vozes do cenário nacional. Não à toa, a artista já concorreu, com nada menos que Zizi Possi e Maria Bethânia, ao Prêmio de Melhor Cantora de MPB do Brasil em 2017. No mesmo ano, foi uma das indicadas ao Grammy Latino, na categoria Raízes Brasileiras, concorrendo como Melhor Álbum com Batom Bacaba.

Sobre Patrícia Bastos

Patrícia Christiane Guedes Bastos é macapaense, formada em administração e cresceu rodeada de músicos que fazem parte da história do Amapá. Ela começou a cantar aos 18 anos, quando entrou para a Banda Brinds. Na década de 90, já tinha uma carreira solo, cantando em bares de Macapá. Depois vieram as participações em festivais e editais do governo federal para realizar shows pelo país.

Após gravar cinco discos voltados para a música regional – Pólvora e Fogo (2002); Sobre Tudo (2007); Eu Sou Caboca (2009); Zulusa (2013) e Batom Bacaba (2016) – com as mais diversas parcerias com compositores e músicos geniais do Amapá e de fora do Estado, ela se tornou a cantora amapaense de maior projeção no Brasil e no exterior.

Com a querida Patrícia Bastos, em um encontro de trabalho, em 2018.

Não sou próximo da fantástica cantora, mas sou um dos incontáveis fãs dessa caboca e divulgador de sua bela obra. Ela enche a todos nós, amapaenses, de orgulho.

Patrícia, a ti desejo todo o amor que houver nesta vida, muita saúde e ainda mais sucesso. Feliz cinquentada e obrigado por nos trazer arte na quarentena.

Elton Tavares, com algumas informações da jornalista Mariléia Maciel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *