Circuito Tela Verde será realizado na Fortaleza de São José

O Museu da Fortaleza de São José de Macapá realizará, no dia 16, das 19h às 22h, na muralha Oeste (fosso seco) do Forte, a “Mostra de Curta-Metragem”. Serão exibidos filmes do “Circuito Tela Verde”, organizado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) e pelo Ministério da Cultura (Minc). A iniciativa será executada em parceria com a coordenação do 7º Festival Imagem e Movimento (FIM). A entrada é franca.

A muralha da Fortaleza se tornará um grande telão. O comando da iluminação da “sala de cinema” ao ar livre ficará sob a responsabilidade da noite, do céu e das estrelas e o gramado comportará o público. Para projetar os filmes será utilizado tecido branco, suspenso por corda de seda. O curta que vai inaugurar o projeto é o Navegantes do velho Chico, lançado este ano, de 15 minutos. Ao todo, serão exibidas 06 produções.

De acordo com a gerente do Museu Fortaleza de São José de Macapá, Obde Gadelha, o objetivo da mostra é dinamizar as ações do Cine Mairi, que funciona no Patrimônio Histórico desde o início de 2010. Além de divulgar e estimular atividades de educação ambiental por meio da linguagem audiovisual e despertar a sociedade para a participação nos processos de gestão ambiental locais. A equipe envolvida no evento conta com servidores da Fortaleza e associados do FIM.

“A programação é inovadora, com possibilidade de aumentar o número de exibições e realizar novas ações de utilização do projeto de cinema da Fortaleza. Não só no cinema convencional, mas em outros tipos de linguagem audiovisual utilizando diferentes formas, aliando as ações do Cine aos objetivos da preservação e manutenção do patrimônio histórico, pois, durante o Festival será realizado um diálogo sobre educação patrimonial”, explicou Obde Gadelha.

O FESTIVAL IMAGEM E MOVIMENTO

O FIM é um evento realizado pela sociedade civil organizada que busca a democratização do audiovisual, por meio da organização de mostras, cursos, palestras e oficinas. São entidades ligadas ao universo cultural, do audiovisual e amantes do circuito, engajados no movimento Pró-audiovisual no Amapá.

O CINE MAIRI

O Cine Mairi é um projeto selecionado, por meio da parceria entre a Secretaria de Audiovisual (SAV) do Minc, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e Secretaria de Estado da Cultura do Amapá (Secult).

A Fortaleza de São José de Macapá foi escolhida para receber os equipamentos cinematográficos do Cine Mais Cultura, por ser um Patrimônio Histórico Cultural referência do Estado do Amapá e por ter preenchido os critérios e especificidades estabelecidos pela Secretaria.

Os equipamentos do programa Cine Mais Cultura visam integrar, ampliar e intensificar a utilização do audiovisual nas soluções para os desafios impostos na nova política social para o Brasil no eixo cultura.

Assim surgiu o Cine Mairi, que oportuniza a sociedade amapaense filmes brasileiros da Programadora Brasil e também outros não cadastrados na programadora. Mas 60% (sessenta por cento) são produções cadastradas.

Sua pré-estréia aconteceu no dia 12 de Março de 2010, com a exibição do documentário “Fortaleza, Nosso Forte, Nossa História”, com a presença de autoridades, jornalistas, documentaristas e representantes de outros cines contemplados pelo Minc.

A estréia ocorreu no dia 13 de março de 2010 com sessão especial da Programadora Brasil voltada para mulheres, por conta das comemorações da Semana da Mulher, com apresentação do filme Vida de Menina.

Desde a criação do Cine Mairi foram realizadas 32 sessões, exibidos 43 filmes, com um total de 970 expectadores, com média de 30.31% pessoas por sessão. “Dos gêneros exibidos até o momento 40,38% foram de ficção, 36,54% animação, 20,19%, documentários e 2,88% foram curtas experimentais”, informa Obde Gadelha.

CURTAS A SEREM EXIBIDOS NO DIA 16.12.2010

Horário: a partir das 19h:

– Navegantes do velho Chico – 2010 (15 minutos).

– Leônia: uma cidade visível – 2009 (14 minutos).

– A morta – 2010 (14 minutos).

– Urbano – 2010 – (4 minutos).

– Amor puro e simplesmente (4 minutos).

– Cordel – 2009 (3 minutos).

Serviço:
Obde Gadelha, gerente do Museu Fortaleza de São José de Macapá.
Contato: 91283372

Elton Tavares
Assessor de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *