Círio de Nazaré é declarado Patrimônio Imaterial da Humanidade


A procissão do Círio de Nazaré do Brasil e a Dieta Mediterrânea foram declarados nesta quarta-feira (4), patrimônio imaterial da Humanidade pela Unesco, junto a outros 12 elementos como a pesca do camarão utilizado cavalos da Bélgica e o “zhusuan” chinês.

O Comitê intergovernamental para a salvaguarda do patrimônio imaterial da Unesco, reunido em Baku nesta quarta-feira, decidiu a inscrição de 14 manifestações culturais na lista de patrimônio imaterial protegido da Unesco, que reconhece essas tradições e saberes que refletem a diversidade cultural das comunidades que os praticam.

O Círio de Nazaré ocorre no estado do Pará, mais precisamente na cidade de Belém, quando milhares de pessoas participam de uma procissão de Nossa Senhora de Nazaré.

Esta celebração ocorre no segundo domingo de outubro e consiste em uma das maiores procissões religiosas do mundo, que leva a imagem da virgem Maria em madeira desde a catedral da Sé até a praça do Santuário de Nazaré.

Segundo a Unesco, este elemento do patrimônio cultural imaterial “põe em relevo” os valores de hospitalidade, boa vizinhança, diálogo intercultural e criatividade, e além disso desempenha um “papel essencial de fator de coesão social” nos espaços culturais, festejos e celebrações.

* Podiam ter falado que o Círio também rola em Macapá, mas está valendo. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *