Com apoio da Lei Aldir Blanc, por meio da Secult/AP: grupo de teatro do Amapá realiza uma arqueologia cênica e documental sobre a história de Serra do Navio

Serra do Navio [canteiro de obras] acontece no dia 23, domingo, às 20h e nos dias 28 e 29 de Maio (sexta e sábado) às 21h, em um experimento virtual que acontece simultaneamente na plataforma Zoom e no Youtube.

Para participar pelo Zoom, é necessário retirar os ingressos através do Sympla da Associação Gira Mundo, acessando o Link: https://linktr.ee/fremitoteatro.
E no Youtube, pela página do Frêmito Teatro.

Logo após as discussões, o público será convidado para um bate-papo com os artistas do projeto e convidados. Esse é o início de um processo de construção de um espetáculo que irá narrar a história de ascensão e queda da vila de Serra do Navio, no estado do Amapá.

A vila de Serra do Navio se tornou um mito, tanto como símbolo de ostentação, riqueza e qualidade de vida – quanto como da exploração predatória da natureza e do ser humano, graças aos passivos ambientais, o abandono da cidade e os prejuízos à saúde pública que deixou como legado. Durante 40 anos desde a sua inauguração, o território viveu um ciclo de prosperidade e riqueza.

O projeto é uma realização da Lei Aldir Blanc, através da Secretaria de Estado da Cultura Cultura, Governo do Estado do Amapá, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal, sob a Coordenação Geral da Associação Gira Mundo.

Serviço:

Adryany Magalhães
Ascom/ Associação Gira Mundo
Contato: (96) 99144-5442

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *