Com ativa atuação parlamentar em prol da sociedade amapaense, deputada Aldilene Souza completa primeiro sementre de mandato

A deputada estadual Aldilene Souza (PPL), que está no seu primeiro mandato na Assembleia Legislativa do Amapá (Alap), tem se destacado, nestes seis meses, como uma das mais atuantes parlamentares desta legislatura. Desde a posse, ela tem chamado a atenção da sociedade e da política amapaense por seu dinamismo.

Após a conclusão da atividade parlamentar deste primeiro semestre de 2019, a deputada tem saldo positivo por sua atuação no legislativo estadual, onde acumula dados significativos, como o envio de uma indicação, 14 Requerimentos e 1 Projeto de Lei aprovado. Os números refletem sua disposição em buscar soluções para os problemas da sociedade amapaense.

Durante a execução de suas atividades no exercício do mandato, Aldilene Souza foi designada para ser presidente da Comissão de Administração pública (CAP); vice-presidente da Comissão de Empreendedorismo (COEM); membro da Comissão de Indústria, Comércio, Minas e Energia (CIC); membro da Comissão de Direitos da Pessoa Humana, Questões de Gênero, Assuntos Indígenas, da Mulher, do Idoso, do Afro-brasileiro, da Cidadania e Defesa do Consumidor (CDH) e integra a Frente Parlamentar pela Prevenção da Violência contra a Mulher e Redução do Feminicídio, da Assembleia Legislativa.

Emprego

Com o firme propósito de melhorar a vida da população, a deputada trabalhou para ampliar oportunidades aos jovens, por conta da necessidade de políticas sérias de inclusão destes no mercado de trabalho. Como empreendedora, disse reconhecer a dificuldade dos jovens quando se trata do primeiro emprego.

Seu trabalho em conjunto com outros deputados resultou na instalação da Frente Parlamentar que propõe, por meio de parcerias com os órgãos públicos e a iniciativa privada, criar ações que reduzam os altos índices de desemprego, possibilitando a curto prazo a abertura de postos de trabalho.

Aldilene também assumiu a responsabilidade de articular as instituições necessárias a execução de importantes projetos com tecnologias inovadoras para solucionar problemas graves e corriqueiros de saúde pública nos distritos e interior do Estado.

Combate às drogas

Outro ponto alto da atividade parlamentar de Aldilene foi a propositura de combate às drogas em audiência no Ministério da Cidadania. Na proposta consta o plano de incentivo às comunidades terapêuticas, apoio às famílias dos dependentes químicos e ações junto à Secretaria de Educação de combate as drogas nas escolas.

Agricultura

No âmbito da agricultura, Aldilene Souza debateu estratégias de escoamento da produção e transporte dos agricultores da área rural de Porto Grande para a capital Macapá. A deputada ressaltou que o homem do campo precisa dessa atenção especial para poder comercializar seus produtos, movimentando e fortalecendo a economia do setor primário.

Direitos indígenas

Outra bandeira levantada pela deputada foi a luta pela garantia dos direitos dos povos indígenas. Aldilene se reuniu com a secretária nacional especial de saúde indígena, Silvia Waiãpi e relatou a preocupação com a falta de cuidado e os constantes abusos contra o direito da pessoa humana que a comunidade indígena sofre. Por conta do trabalho da parlamentar, a secretária Silvia Waiãpi, se comprometeu a dar todas as respostas e não vai permitir descasos com a saúde dos povos indígenas do Brasil e em especial, do seu povo no Amapá.

Combate à violência doméstica no Amapá

Pela Frente Parlamentar pela Prevenção da Violência contra a Mulher e Redução do Feminicidio no Estado, Aldilene Souza, em um trabalho em conjunto com as também deputadas Cristina Almeida (PSB), Edna Auzier (PSD), Telma Nery (PSDB) e Alliny Serrão (DEM), participou de inúmeros eventos e reuniões em Macapá, no interior do estado e fora do Amapá. Este projeto está empenhado em colocar um ponto final à onda de violência doméstica no Amapá.

Saúde

A legisladora também participou de visitas e inspeções a hospitais para comprovar a real situação das casas de saúde e reivindicar melhorias para a gartantia deste direito à população.

Concurso

Por meio dos requerimentos de autoria da deputada Aldilene, foi retificado o edital do concurso do Instituto de Administração Penitenciária do Estado (Iapen), de 2018, que atende a reivindicação dos candidatos habilitados no pleito. Graças ao trabalho da parlamentar, a validade do concurso passa de um para dois anos, além de excluir a cláusula de barreira colocando os habilitados para compor o cadastro reserva.

Nesses primeiros seis meses, Aldilene Souza cumpriu o compromisso de trabalhar pelo Amapá.

“O parlamentar tem que trabalhar pelo seu povo e com um mandato popular e transparente. Não conseguimos resolver todos os problemas encontrados neste início da caminhada, mas aos poucos estamos lutando para para que a sociedade amapaense tenha os serviços e direitos dignos do cidadão. Vamos aproveitar o recesso para planejarmos as ações de mandato para o segundo semestre”, comentou a deputada Aldilene Souza.

Assessoria de comunicação da deputada Aldilene Souza

  • Avatar

    Muito bom! É bonito de ver nomes novos na política fazendo a diferença. Precisamos dessa oxigenação na construção de um novo Amapá mais próspero e justo para todos e todas.

  • Avatar

    parabéns deputada Aldilene Souza!! O povo amapaense estava precisando de políticos como você, que se preocupa com quem realmente necessita!!

  • Avatar

    A deputada Aldilene Souza tem meu respeito!! Essa sim tá fazendo a diferença na política do Amapá

  • Avatar

    Parabéns pela brilhante atuação dessa mulher guerreira e destemida. Continue sempre asssim. Dessa forma o seu futuro político está garantidissimo. Fico feliz em saber que o Amapá ainda tem representantes com vossa excelência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *