Com auxílio do Governo do Estado, Prefeitura de Macapá obtém reconhecimento de situação de emergência na capital

Após receber auxílio técnico do Governo do Estado, a Prefeitura de Macapá obteve o reconhecimento federal de situação de emergência devido as fortes chuvas que causaram alagamentos em diversos pontos da cidade. A partir do reconhecimento, o Governo Federal poderá liberar mais recursos para auxiliar as famílias atingidas.

A experiência da gestão estadual para auxílio aos municípios durante a estiagem de 2023 foi fundamental na elaboração do relatório técnico encaminhado pela prefeitura ao Ministério da Integração e Desenvolvimento Regional, que, após analisar o documento, reconheceu a situação de emergência.

Equipes da Defesa Civil Estadual repassaram ao Município orientações técnicas e imagens georreferenciadas que ajudaram a mapear os pontos afetados e subsidiaram a produção do documento. Em outra frente de trabalho, o Governo Federal também reconheceu o decreto de emergência do Governo do Amapá para auxiliar famílias do Aturiá.

“É uma determinação do governador, Clécio Luís, e do ministro de Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, apoiar o município de Macapá no que for necessário para melhor atender a população”, pontuou o comandante da Defesa Civil do Estado, coronel Alexandre Veríssimo.

Acolhimento às famílias

Desde sábado, 10, o Governo do Amapá trabalha no auxílio às famílias macapaenses atingidas por fenômenos naturais. Em um primeiro momento, o suporte foi garantido aos moradores da orla do Aturiá, que tiveram casas danificadas pela força do Rio Amazonas. Na terça-feira, 13, a força-tarefa foi intensificada diante das fortes chuvas que afetaram diversos pontos pela cidade.

Diversos órgãos estaduais atuam para dar suporte às pessoas afetadas pelos alagamentos. Atualmente, a Escola Estadual Reinaldo Damasceno, na Zona Sul de Macapá, acolhe cerca de 100 famílias, que recebem suporte com colchões, alimentos e cuidados de saúde.

Em outra frente, o Governo do Amapá presta apoio à Prefeitura de Macapá nas ações de limpeza e desobstrução de canais.

Texto: Andreza Carolina
Foto: Divulgação/Secom
Secretaria de Estado da Comunicação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *