Com emenda de Randolfe, Laranjal do Jari lança auxílio que garantirá 6.600 cestas básicas a famílias de baixa renda

Cumprindo agenda em Laranjal do Jari, o senador Randolfe Rodrigues (REDE) participou no sábado (8) do lançamento do programa de auxílio-alimentação do Município.

Em live na Secretaria Municipal de Assistência Social, ocorreu o lançamento simbólico da ação de segurança alimentar que irá distribuir, inicialmente, 4.887 cestas básicas a famílias em situação de vulnerabilidade social em decorrência da pandemia. Ao todo, serão 6.600 cestas entregues.

Randolfe é autor de emenda parlamentar no valor de R$ 500 mil para a execução do programa. Outros R$ 500 mil foram alocados pelo deputado federal Camilo Capiberibe (PSB).

Além dos dois parlamentares, estiveram no lançamento simbólico do auxílio o prefeito de Laranjal do Jari, Márcio Serrão (DEM), a deputada estadual Alyni Serrão, os deputados estaduais Paulo Lemos (PSOL) e Victor Amoras (REDE) e o vereador Dr. Will (REDE), vice-presidente da Câmara Municipal.

Randolfe Rodrigues parabenizou a prefeitura pela execução da emenda e destacou a necessidade de ações rápidas para atender os mais pobres em tempos de crise.

“Nós só iremos vencer essa crise, que é sanitária e também econômica, se houver um grande exercício de empatia entre nós. Garantir vacina no braço e comida no prato dos amapaenses é o que mais importa para superarmos os dias difíceis de pandemia”, declarou o senador.

Agenda em Laranjal do Jari

Em Laranjal do Jari, Randolfe cumpriu agenda ainda na Passarela Vagalume, no centro da cidade. Recentemente, a via foi totalmente reformada em concreto com emenda de Randolfe e do ex-senador João Capiberibe (PSB).

Em seguida, o senador participou da entrega de cestas básicas a parteiras contempladas com o auxílio-alimentação. O parlamentar reuniu ainda com categorias como professores e servidores públicos municipais.

Alimenta Amapá

Para 7 municípios do Amapá (Macapá, Santana, Mazagão, Oiapoque, Laranjal do Jari e Amapá), Randolfe Rodrigues alocou R$ 6,8 milhões em emenda parlamentar individual para programas de auxílio-alimentação das prefeituras.

Além da entrega de cestas, as administrações municipais tem ofertado cartões de vale-compras – como em Santana no valor de R$ 800 pago em três vezes – e vale-gás e kits bebê, como na capital Macapá.

As ações são voltadas para famílias de baixa renda, profissionais autônomos como mototaxistas, motoristas de aplicativos, trabalhadores do comércio, dentre outros segmentos atingidos pela crise do coronavírus.

Júlio Miragaia – Ascom senador Randolfe Rodrigues
Fotos: Lee Amil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *