Com horário reduzido e novas regras, Mercado Central volta a funcionar nesta segunda, 20

Com novas regras e horário reduzido, a partir desta segunda-feira, 20, o Mercado Central volta a funcionar depois de um período fechado devido à pandemia causada pela Covid-19. Neste início, o centro histórico irá reabrir alguns boxes, incluindo bares e restaurantes. Não será permitido passeio ou aglomerações na área interna e externo do prédio, de acordo com as recomendações do Decreto Municipal nº 2.624/2020 e as normas sanitárias estipuladas para evitar a proliferação do Coronavírus.

O Mercado Central é um dos pontos turísticos mais visitados da capital amapaense. Inicialmente, 9 boxes irão reabrir para atendimento presencial. O número máximo de mesas será reduzido de 35 para 18 jogos. A medida é necessária para o devido cumprimento do termo que exige o distanciamento de um metro e meio de cada mesa. Também foi estipulado um novo horário de funcionamento, que será das 12h às 20h. Será obrigatório o uso de máscara e disponibilizado álcool em gel para os usuários.

“Estou muito feliz com a reabertura do Mercado Central. Durante essa pandemia, ficamos sem trabalhar. Então, nossa situação financeira estava bem difícil. Hoje, retornamos muito confiantes e tomando todos os cuidados possíveis. Aguardamos todos os nossos clientes, com muita segurança e o máximo de higiene”, disse a empreendedora Analice Martins.

O mercado

Em janeiro deste ano, o Mercado Central foi entregue à população com uma nova estrutura, ampliado e totalmente revitalizado, com 63 boxes, sendo 21 quiosques com divisórias em vidro e mais 3 ilhas na área térrea, 24 no espaço superior (mezanino) e 15 boxes no entorno. O ponto turístico tem espaço para shows, elevador de acessibilidade, novas escadas, telhado termo acústico, piso em porcelanato e, na parte externa, calçadas por toda a área do entorno, além de um espaço de jardim na entrada. Um grande resgate histórico e cultural da cidade.

Secretaria de Comunicação de Macapá
Kelly Pantoja
Assessora de comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *