Com novos casos confirmados, AP passa a ter a 2ª maior taxa de incidência do novo coronavírus

Macapá concentra o maior número de pacientes doentes devido o novo coronavírus no estado — Foto: Rede Amazônica/Reprodução

Por Fabiana Figueiredo

Amapá passou de 5ª para a 2ª maior taxa de incidência do novo coronavírus nesta sexta-feira (10), segundo o Ministério da Saúde. Desde quarta-feira (8), a situação do estado é considerada de emergência pelo governo federal. A mudança no ranking entre os estados leva em consideração o novo número de casos confirmados.

O índice é o resultado do número total de casos dividido pela população local. A taxa do Brasil também cresceu e chega a 9,3 casos a cada 100 mil habitantes. No Amapá, esse índice é de 19,3 (era de 12,4 na quarta-feira).

O estado do Amazonas lidera o ranking, com 23,3 casos a cada 100 mil habitantes. Seguem como emergência os estados do Amapá, Amazonas, São Paulo, Ceará e Rio de Janeiro, e mais o Distrito Federal.

Para realizar a taxa de coeficiente de incidência, o Ministério da Saúde considerou os dados informados pelos estados até as 14h desta sexta-feira. O Brasil tem cerca de 19,6 mil pessoas infectadas pelo novo coronavírus e mais de 1 mil mortes pela doença.

Gráfico do Ministério da Saúde aponta coeficiência de incidência do novo coronavírus no Brasil – 10/04/2020 — Foto: Ministério da Saúde/Divulgação

Quando é avaliado o coeficiente de mortalidade, o Amapá sai do âmbito de emergência (0,2 casos a cada 100 mil habitantes); foram duas mortes confirmadas no estado. O índice nacional era e 0,5; e a mais alta taxa do país é do Amazonas e de São Paulo (ambos com 1,2 mortos a cada 100 mil habitantes).

Cuidados

Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.

Fonte: G1 Amapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *