Cooperação entre MP-AP e Fecomércio vai atender jovens de Santana com curso de informática

Na manhã da última sexta-feira (11), foi assinado o Acordo de Cooperação técnica pelo Ministério Público do Amapá (MP-AP) e Sistema Fecomércio do Amapá, por meio do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC), com objetivo de ofertar cursos para jovens em situação de vulnerabilidade social do município de Santana. O documento foi formalizado pela procuradora-geral de Justiça, Ivana Cei, e pelo presidente da Fecomércio/AP, Eliezir Viterbino, com participação do secretário-geral do MP-AP, Alexandre Monteiro, a secretária-geral do Sistema Fecomércio, Cleia Oliveira, o diretor regional do Senac/Amapá, José Iguarassu, e o assessor técnico, José Villas Boas.

Com a parceria, serão ofertados cursos de Operador de Computador para pessoas de baixa renda, com aulas ministradas na Carreta SENAC Móvel de Informática e Gestão, em dois turnos. Mediante processo seletivo, serão disponibilizadas 10 vagas por turma, cumprindo o protocolo de manter o distanciamento social, dando continuidade às medidas de segurança sanitárias devido a pandemia de coronavírus.

A cooperação não implica em qualquer repasse e/ou transferência de recursos financeiros entre as partes. “Este recurso vem do empresariado local. Fico feliz em estar em mais um movimento como este, que ajuda muito socialmente e, principalmente, por dar continuidade nesta parceria com o MP-AP”, asseverou Viterbino.

José Villas Boas e a diretora de Educação Profissional do Senac, Robenize Jucá, falaram sobre as providências para o deslocamento da carreta para Santana e informaram que a capacitação inicia no próximo dia 6 de outubro, com carga horária de 196 horas/aulas por turma, com conclusão programada para 16 de dezembro deste ano.

A PGJ agradeceu o empenho de todos para levar o benefício aos jovens santanenses, em especial ao assessor técnico, Villas Boas, que tem sido incansável durante a pandemia e que está à frente dessas capacitações junto com o Senac.

“Agradeço ao presidente Viterbino por unir esforços com o Ministério Público do Amapá mais uma vez, e por uma boa causa, de levar qualificação aos jovens em situação de vulnerabilidade do Estado”, manifestou Ivana Cei.

No encontro, os gestores também conversaram sobre as tratativas para instalação das Promotorias Criminais e de Família no novo prédio da Fecomércio, situado no Centro de Macapá.

Participaram ainda, o arquiteto e urbanista do Sistema Fecomércio, Raionil Pontes, e o chefe da Divisão de Obras do MP-AP, Robson Naif.

Serviço:

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Texto: Gilvana Santos
Contato: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *