Coordenadoria-Geral dos Centros de Apoio do MPAP promove encontros de integração entre os coordenadores de áreas

A Coordenadoria-Geral dos Centros de Apoio Operacional (CGCAO) do Ministério Público do Amapá (MP-AP) realizou duas reuniões, nos dias 7 e 26 de maio, por meio de videoconferência, com os coordenadores dos Centros de Apoio Operacional (CAOs) da instituição. Nos encontros, que fazem parte das ações do projeto de reestruturação dos Centros, foram debatidos os projetos estratégicos, construção dos planos de atuação e a elaboração e publicação dos relatórios mensais de atividades.

Na ocasião, os coordenadores assistiram à apresentação dos projetos estratégicos propostos pela CGCAO para o ano de 2020, que impactam positivamente os Centros de Apoio. Um deles é o “MP Cidadão”, que consiste na mobilização para coleta de informações junto aos órgãos ministeriais, garantindo à população uma linguagem mais clara e acessível das principais áreas de atuação e serviços do MP-AP. O conteúdo recolhido será incluído no portal eletrônico da instituição, em aba intitulada “Cidadão”, com conteúdo replicado também no aplicativo – MP Mobile – e na plataforma de inteligência artificial “Sofia”.

Outros dois projetos debatidos foram a “Reestruturação dos Centros de Apoio Operacional” e “Orçamento Público: Instrumento de acompanhamento da efetivação das políticas públicas garantidoras de direitos”. O primeiro se destina a promover práticas de aperfeiçoamento contínuo nos serviços de assessoramento técnico-científico à Procuradoria-Geral de Justiça e às Promotorias de Justiça, já o segundo, busca instituir um debate que aprofunde os conhecimentos de membros e servidores em relação ao universo orçamentário, visando subsidiar a atuação ministerial, para o efetivo acompanhamento da implementação das políticas públicas garantidoras de direitos.

O processo de construção dos planos de atuação dos CAOs e a importância da elaboração e publicação dos relatórios mensais de atividades também estiveram em pauta nos dois encontros. Por esse motivo, a procuradora de Justiça do MP-AP e coordenadora da CGCAO, Judith Teles, informou sobre a parceria firmada com o coordenador do CAO-Infância e Juventude, Miguel Ferreira, que disponibilizou seu corpo técnico para troca de experiências e colaboração com os demais Centros de Apoio.

Durante as reuniões virtuais, a coordenadora da CGCAO enfatizou a importância da atenção dos Centros às necessidades da sociedade, nesse momento atípico de pandemia da Covid-19. A procuradora de Justiça também parabenizou o MP-AP por disponibilizar as ferramentas tecnológicas necessárias ao desenvolvimento do trabalho remoto, a exemplo das contas institucionais na plataforma Google Meet, que permitem a realização de reuniões através de videoconferências.

Várias sugestões foram apresentadas pela CGCAO e pelos coordenadores, sendo que algumas dessas já foram postas em prática, fato que corrobora a relevância da proposta da Coordenação-Geral de instituir uma agenda permanente de diálogo e intercâmbio entre os CAOs para proposição e recebimento de ideias de aperfeiçoamento das atividades ministeriais.

Participaram dos encontros promotores de Justiça coordenadores de Centros: Miguel Angel Ferreira, do CAO-Infância e Juventude; CAO-Educação, Roberto Alvares; CAO-Meio Ambiente, Marcelo Moreira; CAO-Ordem Tributária, Iaci Reis; CAO-Saúde, Fábia Nilci Souza; CAO-Eleitoral, Ricardo Crispino; CAO-Moralidade Administrativa, Anderson Souza; e representando o CAO-Criminal, a servidora Gelicy Oliveira, além de servidores do CAO-IJ, CAO Ambiental e CAO-Educação.

Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Amapá
Gerente de Comunicação – Tanha Silva
Núcleo de Imprensa
Coordenação: Gilvana Santos
Texto: Elton Tavares
Contato: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *