Coronavírus: cemitérios e funerárias de Macapá têm restrições de funcionamento para evitar disseminação da doença

Em razão das normas adotadas para conter as transmissões do novo Coronavírus, os cemitérios e funerárias da capital também seguem medidas que limitam a permanência de pessoas durante sepultamentos, atendimento ao público e serviços gerais. As mudanças estão previstas no Decreto Municipal 1.833/2020, que dispõe que os estabelecimentos comerciais tenham horários e modalidades diferentes de atendimento.

Os que continuarem exercendo serviços no modo presencial ou delivery devem adotar todas as medidas necessárias de segurança e o uso obrigatório do Equipamento de Proteção Individual (EPI) para seus funcionários.

Funerárias

Funcionam 24 horas, com até 10 pessoas no velório e duração máxima de 3 horas, quando for morte natural. Sem velório e caixão lacrado ou cremação, nos casos de morte por Coronavírus.

Serviços gerais

A Secretaria Municipal de Zeladoria Urbana tem 43 zeladores que prestam serviços nos cemitérios da capital. Os trabalhos estão sendo feitos em horário comercial. Os profissionais devem fazer limpeza, reparos, pequenas obras e restabelecer a ordem no local antes do término do expediente, obedecendo sempre as regras estabelecidas para evitar aglomerados.

Atendimento ao público

A administração dos cemitérios deve funcionar com atendimento interno das 8h às12h e das 14h às 18h, todos os dias da semana e com as portas fechadas. Caso haja necessidade, no máximo duas pessoas poderão ter acesso ao prédio.

“Para controlar a circulação nos cemitérios, estamos conversando com os visitantes, explicando a importância de obedecer às medidas como forma de prevenir a disseminação do Coronavírus. Não é fácil. No momento de dor, sempre é delicado realizar essa triagem, mas todos precisam entender e colaborar”, avalia Jackson Dias Reis, coordenador dos Cemitérios Municipais.

“Precisamos tomar essas medidas, pois estamos em um cenário que carece de muita atenção e cautela. A transmissão está em alta, a mudança de comportamento e rotina são imprescindíveis no enfrentamento do Coronavírus. Nesse sentido, adotar horários alternativos e novas regras para evitar aglomeração de pessoas são recomendações necessárias”, diz o secretário interino de Zeladoria Urbana, Carlos Alberto Oliveira.

As novas regras já estão valendo nos três cemitérios da administração municipal (Cemitério São José, Nossa Senhora da Conceição e São Francisco de Assis). Os servidores deverão trabalhar em número reduzido, regime de plantão e escalas. “Quanto mais rápido for o processo, menor a exposição dos funcionários, zeladores e dos familiares que estiverem dividindo o ambiente. O decreto nos fortalece para avançar nesse processo de conscientização de todos”, informa Natalia Borges Costa Coghi, assessora jurídica da Zeladoria.

Secretaria de Comunicação de Macapá
Mônica Silva
Assessora de comunicação/Zeladoria Urbana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *