Coronavírus: Prefeitura de Macapá mantém Bioparque da Amazônia fechado por mais 30 dias

A Prefeitura de Macapá decidiu, por meio do Decreto de nº 2.532/2020, prorrogar por mais 30 dias a suspensão das visitas monitoradas e presença do público em geral no Bioparque da Amazônia. A norma segue orientações do Decreto nº 1.654/2020, de 16 de março, e começa a vigorar a partir desta quinta-feira, 2.

O documento restringe ainda qualquer tipo de evento, oficina, palestra, curso, que estavam previstos para serem realizados na área do parque. Foi mantido somente o expediente administrativo, que é necessário para a manutenção das atividades do lugar. A determinação é uma das medidas adotadas no Amapá para evitar a infestação do novo Coronavírus.

O espaço, que tem cerca de 30 atrações voltadas para o lazer, prática de ecoesportes e estímulo à sustentabilidade e à produção científica, segue de portões fechados, mas promete novidades na reabertura. “Nesse período em que precisamos suspender as atividades externas por conta da pandemia, trabalhamos vários projetos direcionados ao público. Ainda não temos nada definido, mas garanto que teremos novas atrações”, disse a coordenadora da Biodiversidade do Bioparque, Tatiana Costa.

São mais de 107 hectares que integram ecossistemas, animais e pessoas, em busca de desenvolvimento sustentável e inovação em pesquisa científica. Segundo a administração, 10 funcionários foram afastados por pertencerem ao grupo de risco, mas trabalham de casa, e 39 seguem as atividades presenciais, 9 atuando no grupo de gestão, 14 nos serviços gerais em sistema de revezamento e 6 da segurança patrimonial.

Secretaria de Comunicação de Macapá
Mônica Silva
Assessora de comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *