Corregedora do MP-AP visita entidade que atua na defesa da criança e adolescente de Laranjal do Jari


A Corregedora-Geral do Ministério Público do Amapá (MP-AP) procuradora de Justiça Estela Sá, e o assessor da Corregedoria-Geral, promotor de Justiça Horácio Coutinho, visitaram na manhã desta quinta-feira (19), a sede da Rede de Enfrentamento à Exploração e Abuso Sexual contra Criança e Adolescente do Vale do Jari (REAJA). A organização não governamental funciona no município de Laranjal do Jari e atende menores em situação de vulnerabilidade social por meio de ações e projetos desenvolvidos com instituições parceiras como o próprio MP, Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP) e Guarda Municipal.

Os membros do MP-AP que estão no sul do Estado realizando trabalho de correição nas Promotorias de Justiça do município, atenderam ao convite da presidente e vice-presidente da entidade, Josinete de Jesus e Edna Souza, respectivamente, para conhecer a estrutura e atuação da REAJA.

Na ocasião da visita relataram as dificuldades enfrentadas por falta de recursos para desenvolvimento das ações e fizeram a entrega de cartilhas elaboradas para instrumentalizar professores e profissionais da área no combate à exploração sexual de crianças e adolescentes.

A presidente da REAJA fez um reconhecimento ao apoio recebido da Promotoria de Laranjal do Jari, e um agradecimento especial ao promotor de Justiça Horácio Coutinho. “O promotor Horácio foi um grande incentivador para que fundássemos a Rede e nos ajudou a dar início a este trabalho”, reconheceu Josinete de Jesus que na ocasião agradeceu à Corregedora-Geral por ter aceitado o convite para conhecer um pouco da realidade da REAJA.

Estela Sá informou de que forma o MP-AP pode contribuir nesses casos. “Uma das alternativas é inserir a entidade como beneficiária de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). Vamos verificar, ainda a viabilidade para o fortalecimento da atuação das Promotorias de Infância e Juventude e da Educação”, manifestou a Corregedora-Geral do MP-AP.

SERVIÇO:

Gilvana Santos
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *