Cram realiza atendimentos no Instituto Penitenciário do AP

Mulheres em oficina do Cram.
O Centro de Referência e Atendimento à Mulher – Bem-Me-Quer (Cram) realizará durante todo o mês de outubro uma série de atendimentos para os funcionários do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen). A ação pretende melhorar a qualidade de vida e o ambiente de trabalho dos servidores da casa prisional. A programação acontecerá em virtude do “Mês do Servidor Público”, comemorado em outubro.
De acordo com a coordenadora geral do Cram, Josirley Sarquis, desde que foi criado, em 2008, o Cram já realizou aproximadamente 13 mil atendimentos. Os serviços oferecidos serão atendimentos psicológicos, assistência social, jurídico, enfermagem e massoterapia.
Segundo Sarquis, é prevista a implantação de mais pólos de atendimentos, sendo um na zona norte e outro na zona sul de Macapá, além de centros no interior do Estado. Os municípios beneficiados serão Pracuúba, Tartarugalzinho, Mazagão e Oiapoque.
Enfermagem está entre os serviços mais procurados no Cram. Esse serviço atua no encaminhamento de mulheres para consultas e exames médicos, são cerca de 4 mil atendimentos realizados até agora. O segundo mais solicitado é o atendimento psicológico, com 3, 6 mil serviços. Atualmente, o Cram atende 150 mulheres com oficina de arte terapia, que consiste em pintura, confecção de flores e confecção de lingerie.
“Atenderemos os servidores do Iapen com diversos serviços. Nossa programação é uma maneira de comemorar o mês do servidor público. Também temos um projeto para levar as ações do Cram aos cidadãos que moram longe do centro da capital amapaense e aos moradores do interior. Nosso objetivo é a melhoria da qualidade de vida dessas pessoas”, intensifica Josirley Sarquis.
O CRAM
O Cram faz parte da Rede de Atendimento á Mulher (RAM) e atua há dois anos no Amapá. O objetivo do órgão é prestar atendimento a mulheres vítimas de violência e que vivem em situação de vulnerabilidade social. O órgão é vinculado a Polícia Civil, com apoio da Secretaria Extraordinária de Políticas Públicas para as Mulheres (Sepm) e funciona na Rua São José, esquina com a Avenida FAB, no centro de Macapá. Os atendimentos ocorrem de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h. Os telefones do Cram são 3213-8116 e 3212-1050.
Elton Tavares
Assessor de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *