Crimes Cibernéticos são o tema de treinamento promovido pelo MP-AP

Na sequência do calendário de capacitação do Ministério Público do Amapá (MP-AP), a Procuradoria-Geral de Justiça do MP-AP, por meio do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (CEAF/MP-AP) promoveu, na última segunda-feira (12), no auditório da Procuradoria-Geral de Justiça – Promotor Haroldo Franco, o treinamento sobre “Crimes Cibernéticos”, ministrado pelo procurador da República do Ministério Público Federal de São Paulo (MPF-SP), Silvio Luís Martins de Oliveira. O objetivo é capacitar membros e servidores para utilização das ferramentas disponíveis para investigação de crimes praticados no ambiente virtual.

A coordenadora do CEAF, procuradora de Justiça Socorro Milhomem Moro, deu as boas-vindas ao palestrante, especialista em crimes cibernéticos e enfatizou a importância da qualificação para melhorar a atuação do Ministério Público do Amapá.

“O mundo saiu de uma plataforma física para uma virtual. A prática de crimes nesse ambiente é muito veloz, por isso estamos debatendo esse assunto com uma autoridade no tema. Agradeço a presença de todos e principalmente do procurador Silvio Luís Martins de Oliveira”, pontuou a coordenadora do CEAF.

Sobre o palestrante

Silvio Luís Martins de Oliveira é engenheiro mecânico com especialização em comandos numéricos computadorizados pelo Kyushu Polytechnic College, no Japão; Mestre em Direito Penal pela Universidade de São Paulo; procurador da República na área criminal na capital paulista desde 1995, atuando desde 2004 junto a 6° Vara Especializada em Crimes contra o Sistema Financeiros Nacional e Lavagem de Capitais. Ele é o atual coordenador do Núcleo Técnico de Combate aos Crimes Cibernéticos da Procuradoria da República no Estado de São Paulo (NTCCC/MPF/SP).

Silvio Luís Martins de Oliveira, que veio ao Amapá acompanhados dos técnicos do MPF/SP Adriana Shimabukuro e José Moreno Neto, discorreu sobre a metodologia de trabalho e sobre o tema da palestra. O especialista explicou sua experiência em investigação de crimes cibernéticos e contextualizou com exemplos de casos em que trabalhou.

“Agradeço o convite que nos foi feito para palestrar acerca de crimes cibernéticos. É uma matéria que tende a aumentar em termos de complexidade e importância. Não somente na área criminal, mas nas várias áreas de atuação do MPF e dos MPs estaduais. É preciso unir forças de vários órgãos para trabalharmos de maneira eficiente. E é muito bom que o MP-AP se preocupa com o assunto. Foi um prazer ajudar no entendimento sobre o tema, tanto historicamente, quanto juridicamente”, comentou o procurador do MPF paulista.

Calendário de capacitação do MP-AP

A procuradora-geral de Justiça do MP-AP, Ivana Cei, agradeceu a presença dos membros e servidores da instituição. A PGJ ressaltou que o calendário de capacitação do Ministério Público do Amapá está alinhado com os desafios institucionais de atuar em defesa da sociedade.

“Essa palestra é de extrema importância para a obtenção de técnicas e ferramentas de investigação de crimes cibernéticos. Dou as boas-vindas ao doutor Silvio e a sua equipe, que serão responsáveis em posicionar nossa atuação na área de investigação. Obrigada pela participação de todos. Seguiremos com o empenho em realizar ações que façam de nossa instituição ainda mais atuante em prol do cidadão”, pontuou Ivana Cei

SERVIÇO:

Elton Tavares
Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Amapá
Contato: (96) 3198-1616
E-mail: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *