CSA investe na reabilitação da Estação de Tratamento de Esgoto do Habitacional Macapaba

A Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) que atende a comunidade do Habitacional Macapaba, na zona norte de Macapá, passa por obras de reforma e reabilitação para retomada de suas atividades. Com os investimentos da Concessionária de Saneamento do Amapá (CSA), responsável pelos serviços na comunidade, o esgoto coletado em todo o conjunto passará por tratamento e será devolvido à natureza de forma segura.

As obras consistem na recuperação da estrutura civil e elétrica, instalação de novos sopradores de ar, transformadores, novos quadros de bombas e uma casa de química para dosagem dos produtos químicos que atuam no tratamento dos resíduos recebidos. Com o passar dos anos, antes da chegada da CSA, a unidade foi desativada e sucateada. Os investimentos para a retomada das operações são de mais de R$2 milhões.

A população atual do Macapaba gera cerca de 3 milhões de litros de resíduos todos os dias no conjunto. A nova ETE vai receber este material e dar destinação correta após as etapas de tratamento. A previsão de conclusão e entrega da primeira etapa da obra é julho deste ano e lideranças comunitárias do conjunto já visitaram a unidade para conferir o andamento das ações.

Produção e tratamento

O esgoto coletado no conjunto tem origem doméstica, ou seja, é produzido pela utilização de água no cotidiano como lavagem de roupas, cozinha, durante o banho, descarga de vasos sanitários e outros. Toda essa água é encaminhada para a ETE do habitacional, que deve atuar para remover os poluentes após diversos processos, químicos, físicos e/ou biológicos.

O tratamento de esgoto tem como objetivo promover a saúde da população e a preservação do meio ambiente, pois no fim do processo, os resíduos são devolvidos aos rios e à natureza. Para isso, a ETE Macapaba realizará seis etapas de atuação:

Gradeamento e caixa de gordura para retenção de resíduos sólidos que possam vir na rede como, como fraldas, papel higiênico, restos de alimentos e até roupas e calçados. Esse é um descarte irregular de material e também ocasiona com frequência o entupimento que resulta em vazamentos nas vias.

Tanque Anaeróbio para que os efluentes passem por tanques com a presença de bactérias anaeróbias que atuam na degradação da matéria orgânica;

Filtro Biológico Aerado onde o efluente passa por tanques onde ocorre a injeção de oxigênio.

Decantação onde os resíduos sólidos são decantados, se estabelecendo no fundo do tanque, para posterior retirada por meio de raspagem. É nesta etapa que são adicionados coagulante para desinfecção.

Desinfecção, onde é adicionado o produto químico sanitizante que remove vírus, bactérias e outros micro-organismos.

“Esse é um trabalho muito importante para agregar qualidade de vida e responsabilidade com o meio ambiente. Estamos em processo de recuperação na ETE Macapaba e este será mais um avanço nas operações de melhoria que já executamos dentro desta comunidade”, destaca Luany Barbosa, fiscal da obra.

Marcelle Nunes
Gerência de Comunicação Externa e Marketing
Tel.: (96) 98106-4232
E-mail: [email protected]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *