Curta-metragem do Amapá é o representante da região Norte na Mostra Competitiva da 15ª edição do Festival Taguatinga de Cinema

Por Marcus Vinícius de Oliveira

É com grande alegria que anunciamos a participação do filme “De Domingo a Domingo” no tradicional Festival de Taguatinga. O documentário está entre os 24 curta-metragens selecionados de um total de 601 produções inscritas de quase todos os estados do Brasil.

A produção realizada de forma independente e sem qualquer fonte de financiamento, aborda a poesia e reflexões de Domingos Gomes, um horticultor agroecológico que conduz com sabedoria e dedicação o Mundo das Plantas, uma horta orgânica no interior da Amazônia, mais precisamente no distrito de Fazendinha, em Macapá.

Quem conhece o Seu Domingos, se alimentou de suas hortaliças e já teve a oportunidade de trocar meia dúzia de palavras com ele, sabe o que pode esperar desse filme. As palavras desse incansável trabalhador brasileiro agora será compartilhada com todo o país. Participar de um festival de relevância nacional e com esse perfil curatorial já é uma vitória para nós.

Realizado desde 1998, o Festival Taguatinga de Cinema é um espaço de existência para filmes que investem na construção de novos imaginários de sociedade, engajados no combate às injustiças sociais, violências estruturais, ao racismo e ao machismo fundantes da sociedade brasileira, buscando nutrir o amor, a confiança, coragem, conscientização e o desejo de militância e ativismo político e social, a partir de narrativas contra hegemônicas.

O “FesTaguá” 2020 será totalmente online por causa da pandemia de Covid-19. De casa, você poderá assistir às Mostras Competitiva, Popular e Infantil, por meio do site do Festival. Ainda estão sendo realizadas oficinas e debates, oferecidas gratuitamente e disponibilizadas no canal do festival no YouTube, o TARAPE TV.

A programação já começou. A Mostra Competitiva é composta de 8 sessões que acontecem aos finais de semana. “De Domingo a Domingo” compõe a 6º Sessão, que estreia no dia 08 de agosto, ao lado de dois filmes baianos. Para assistir, basta fazer o cadastro no festival. O público pode votar nos filmes de sua preferência. Se você for amapaense, do Norte ou de qualquer rincão do mundo e gostar do nosso trabalho e da mensagem que ele carrega, dá essa moral e vota no nosso filme.

“De Domingo a Domingo” já estreou no Amapá e recebeu o Prêmio Gengibirra de Produção Destaque na 15ª edição do Festival Imagem-Movimento (FIM), realizado em dezembro de 2018.

Ficha Técnica de “De Domingo a Domingo”:

Argumento: Domingos Gomes e Marcus Vinícius de Oliveira
Direção, Fotografia e Montagem: Marcus Vinícius de Oliveira
Produção: Samara Alencar e Marcus Vinícius de Oliveira
Som Direto: Samara Alencar
Agradecimentos especiais a jornalista Andreza Gil, pela força.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *