Demandas nas áreas de família e infância e juventude serão analisadas durante a 119ª edição da Justiça Itinerante Fluvial

-----------------------JORNADA_2

Inicia hoje a 119ª Jornada Itinerante Fluvial da Justiça do Amapá. A ação acontece até o dia 29 de abril, no Distrito do Bailique. Com o objetivo de contenção de despesas e otimização dos serviços oferecidos, desta vez o atendimento será exclusivamente jurídico.

Com uma equipe menor e mais direcionada, a ideia é focar nos serviços essencialmente judiciais, como processos que estão em andamento e processos novos, ofícios e mandados. Assim, além de aumentar a efetividade, se ganha tempo, pois como será usado um barco de pequeno porte a duração da viagem reduzirá de 1----------------------JORNADA_12 horas para apenas 4 horas. A equipe chega descansada e os atendimentos são iniciados de forma mais rápida.

“Não iremos deixar de fazer a jornadas integradas com os serviços variados oferecidos por nossos parceiros, apenas iremos intercalar, entre uma jornada grande, uma outra mais compacta e específica. Queremos nesta itinerância dar prioridade aos atendimentos jurídicos”, explica o atual coordenador das Jornadas Itinerantes, Juiz Luciano Assis.

------------------------JORNADA_6Em média, a equipe que participa das jornadas itinerantes entre membros do judiciário e de demais órgãos cooperados é entre 50 e 60 pessoas. Nesta versão mais enxuta, será somente a equipe judicial, ou seja, os servidores, um juiz, um promotor de justiça, o defensor público, um policial e dois bombeiros responsáveis pela segurança. Haverá assim uma economia de mais de 2/3 dos recursos financeiros utilizados anteriormente.

De acordo com o coordenador das Jornadas Itinerantes, Juiz Luciano Assis, a maior demanda da Jornada Fluvial é na área de família, na infância e juventude e criminal. Geralmente os casos mais comuns são relacionados a problemas como guarda, alimento, e conflitos criminais de menor potencial ofensivo, e violência doméstica.

Assessoria de Comunicação Social/ TJAP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *