Deputado quer política de conscientização sobre o Lúpus

13062550_857511821026172_984789879671524185_n

Nesta terça-feira, 10, é celebrado o Dia Mundial de Combate ao Lúpus. A doença crônica, caracterizada pela formação de auto anticorpos, que podem “agredir” o organismo por meio de inflamação de múltiplos órgãos e sistemas, ainda não tem cura e, de acordo com a Associação Brasileira Superando o Lúpus incide em cerca de 0,2% a 0,3% da população do planeta. O deputado estadual Pedro DaLua, atento com a incidência dos casos também no Amapá, destacou a iniciativa de haver uma data internacional de orientações e combate ao lúpus. Ele é o autor do projeto de lei 075/2016, que Estabelece diretrizes gerais para políticas públicas de enfrentamento às doenças raras e acolhimento às pessoas por elas acometidas.

De acordo com DaLua, o aparecimento da enfermidade pode ser resultado de diversos fatores tais como hormonais, ambientais, genéticos ou imunológicos. Segundo ele, tanto o chamado Lúpus Eritematoso Sistêmico (L.E.S), quanto o Lúpus Eritematoso Discoide (L.E.D) não são tão raros quanto se imagina. O L.E.S, por exemplo, afeta indivíduos de todas as etnias, sendo de 9 a 10 vezes mais frequente em mulheres em idade reprodutiva. O parlamentar garante ainda que a criação de uma política de combate ao Lúpus no estado serve principalmente para esclarecer a sociedade sobre a temática, ainda pouco conhecida pela população, além de contribuir para a melhoria da qualidade de vida de quem convive com a doença. “Já temos um dia no ano em que o mundo inteiro se mobiliza para debater a questão do Lúpus, isso é importante. Mas ainda é necessário uma mobilização em âmbito estadual, assim como a efetiva implementação de uma política que trabalhe no sentido de trazer conhecimento sobre esta doença autoimune”, frisou.

O deputado lembrou ainda que apesar de ser uma doença sem cura, é possível viver bem com o Lúpus a partir de cuidados adequados e de muita informação. O PL 075/2016 tramita na Assembleia Legislativa e aguarda parecer.

O que é o Lúpus?

O Lúpus é uma doença autoimune (quando o sistema de defesa do corpo produz anticorpos contra células, tecidos ou órgãos do próprio corpo), que costuma ser mais comum em mulheres jovens. Conhecida no meio médico como L.E.S (Lúpus Eritematoso Sistêmico), ela é uma patologia inflamatória crônica pouco frequente que pode acometer múltiplos órgãos e apresentar alterações da resposta imunológica, com presença de anticorpos dirigidos contra proteínas do próprio organismo. Embora a causa do L.E.S não seja conhecida, admite-se que a interação de fatores genéticos, hormonais e ambientais podem desencadear a doença. O lúpus ainda não tem cura, apenas controle.

Assessoria de Ccomunicaçãodo Deputado Pedro DaLua

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*