Desafios e sobrevivência do carnaval amapaense diante de crises será debatido em evento nacional

Carna1

O evento de negócios do ramo carnavalesco, a Carnavália- Sambacon, terá a presença na mesa de debates do presidente da Liga das Escolas de Samba do Amapá (Liesap), Vicente Cruz. A convite do organizador Nei Barbosa, o presidente irá compor a mesa do dia 25 de junho, que discute o tema “O Carnaval além da Sapucaí: Realidade e Desafios”. Carnavália- Sambacon acontece no Rio de janeiro, está em sua terceira edição, e de 23 à 25 de junho pretende reunir cerca de 10 mil participantes no Centro de Convenções Sulamérica. O diretor de Carnaval da Liesap, Izauro Santos, também confirmou participação no evento.

O presidente levará para a mesa de debate as experiências no carnaval amapaense, e irá relatar como sobrevivemos diante das constantes crises. Ele acompanha a evolução do carnaval no Amapá como brincante, integrante de diretoria, consultor, autor de samba, presidente de agremiação, e conselheiro da Liga. Um dos responsáveis pela renovação estética do carnaval das escolas de samba, Vicente sempre apostou no carnaval como empreendimento e imprimiu um novo modelo de festa no Sambódromo a partir de 2009.

“A mesa que irei compor é uma vitrine do carnaval em todo o Brasil, onde iremos discutir a sobrevivência das escolas de samba e nossos desafios. No Amapá, quem faz carnaval convive constantemente com este conflito, nossa luta é diária, temos que dar retorno para os investidores e público, manter a cadeia econômica e cultural funcionando, e promover a maior festa popular do Brasil. E este é um desafio que propusemos quando concorremos à presidência da Liesap, transformar carnaval em negócio, porque é um produto que se vende, e vamos discutir com quem já trabalha com esta visão trazer para o Amapá estas experiências”, disse o presidente.

A Carnavália- Sambacon é a união de dois grandes eventos de carnaval onde se debate a importância da economia do carnaval, estimula-se novos negócios, parcerias e troca de experiências, e são expostos produtos e serviços que compõem a cadeia produtiva do evento, incentivando investidores públicos e privados. Durante três dias, haverá mesas de debates, painéis acadêmicos, exposições, rodadas de negócios, workshops, além de shows e intervenções culturais. Neste ano terá o Cine Carnavália, com filmes que exploram a temática do carnaval.

SONY DSC
Foto: Blog da Alcinéa

Mariléia Maciel – Assessoria de Comunicação da Liesap

Mais informações:

PROGRAMAÇÃO

Dia 24 de Junho – sexta-feira

15h30 – O Carnaval em tempos de crise

19h – A gestão nas escolas de samba

19h30 – 100 anos de samba, a evolução dos sambas-enredo

Dia 25 de Junho – sábado

15h30 – Carnaval de rua: uma história que vem de longe

17h30 – O Carnaval além da Sapucaí: realidade e desafios

19h30 – O Carnaval como geração de negócios

SONY DSC
Foto: Blog da Alcinéa

Painéis Acadêmicos

A edição 2016 da Carnavália-Sambacon terá dois painéis acadêmicos, coordenados por Milton Cunha, Doutor em Ciência da Literatura pela UFRJ, carnavalesco, produtor cultural e cenógrafo.

Sexta-feira, dia 24, às 14h

A importância dos departamentos culturais das escolas de samba – Integrantes dos departamentos culturais da Portela, Vila Isabel e Salgueiro.

Sábado, dia 25, às 14h

Rosa Magalhães e Albert Eckhout mostram a cara no doutorado da Escola de Belas Artes da UFRJ” – Milton Cunha, Doutor em Ciência da Literatura pela UFRJ, carnavalesco, produtor cultural e cenógrafo.

“Escolas de samba – espaço de negociações” – Felipe Ferreira, diretor do curso de carnaval da UERJ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *