Dose dupla de teatro no SESC Araxá

Por Juliana Coutinho – SESC/AP – Serviço Social do Comércio
Dois relevantes projetos das artes cênicas do País estarão com espetáculos no SESC Araxá nos próximos dias: SESC Amazônia das Artes apresenta o espetáculo circense “Palita no Trapézio” (infantil), do Maranhão e o Projeto Palco Giratório traz o espetáculo Catarinense “Mi Munequita”.
Palita no Trapézio, dia 05/08, às 15h30 no Salão de eventos do SESC. Entrada franca.
Mi Munequita, dias 06 e 07/08, às 20h, no Salão de eventos do SESC. Ingresso R$3,00.
No dia 07/08, a partir das 19h, teremos Sarau, no espaço Bambuzal (SESC Araxá), com Recitais, noite de autógrafos e vendas de livros, musical, exposições visuais, cinema e intervenção .
Abaixo informações sobre os espetáculos:
PALITA NO TRAPÉZIO – PROJETO SESC AMAZÔNIA DAS ARTES
É um espetáculo que busca, na investigação do potencial cômico do trapézio e da técnica de acrobacia, a comicidade da palhaça. Partindo da irreverência e dos erros próprios do palhaço, a perfeição e o risco, elementos característicos da acrobacia no trapézio, darão lugar para as ações ineficazes da palhaça, suas tentativas frustradas, seus medos e sua alegria.
Formada por um coletivo de artistas profissionais, entre atores, diretores, cantores, arte-educadores, acrobatas, palhaços e pesquisadores de teatro a Cia. Chegança Produções culturais surge em 2007 dentro de um projeto muito maior, a ONG Circo de Cidadania Palco e Picadeiro, entidade sócio cultural que desenvolve um trabalho de circo-social voltado para jovens em situação de risco, visando o protagonismo juvenil e a cidadania.
Em 2009 o projeto “Palita no Trapézio” foi contemplado pela bolsa FUNARTE de criação de números circenses e se transformou num belíssimo espetáculo de circo/teatro adaptável para qualquer tipo de espaço. Ainda em 2009 a Cia. Estréia no palco o espetáculo musical da obra de Dias Gomes “Roque Santeiro”.
Atualmente a Cia. Chegança desenvolve o Laboratório de pesquisa em teatro de rua, um espaço de estudo teórico e prático sobre o teatro de rua, suas técnicas, estética e história.
Serviço: Palita no trapézio – MA
Local: salão de eventos SESC Araxá
Dia: 05 de agosto
Hora: 15h30
Entrada franca
Censura livre
MI MUNEQUITA – PROJETO PALCO GIRATÓRIO
Entre o drama e a comédia, o espetáculo Mi Muñequita conta a história de uma adolescente que usa sua boneca preferida, La Huerfanita, para enfrentar e se libertar da violência gerada pela própria família. A menina, chamada na peça de La Nena, vive com seus parentes desajustados, La Madre, uma mulher frustrada, El Padre, um homem ausente e El Tio, um senhor rancoroso, em um perverso jogo de adultos que inclui traumas e vinganças.
O enredo apresenta situações grotescas e também muito engraçadas, onde seus personagens cantam e dançam seus risos, dores e amores, no ritmo de um humor quase negro. Com narrativa moderna, a peça conta ainda com El Presentador, o mestre de cerimônias que nos conduz no espetáculo.
O texto original, de Gabriel Calderón, faz enorme sucesso no Uruguai, em cartaz há quatro anos, onde ganhou e foi indicado a vários prêmios por texto, direção e atuação. Esta é a primeira vez que a obra é adaptada para a língua portuguesa.
Na versão tupiniquim, traduzida por Esteban Campanela e com direção de Renato Turnes, Mi Muñequita ganha novas cenas e improvisos. O tom melodramático, tão comum na estética latina, é o ponto forte desta obra tragicômica. “Optamos também por manter os nomes das personagens em espanhol, que são na verdade arquetípicos, como o pai e a mãe, assim como a trilha sonora, para reforçar o clima latino. Mas inserimos muita coisa, que acabou tornando a adaptação ainda mais engraçada”, afirma Turnes, experiente ator, que pela primeira vez assina a direção de um espetáculo profissional.
O resultado desta montagem é um show de variedades bizarro, freak-show doméstico, que mescla inspirações no repertório das TVs sensacionalistas, no mundo cão, no circo e no teatro do melodrama. A TV, o sensacionalismo, assim como a interferência direta do público em um drama privado, influenciaram muito a estrutura da peça.
A peça é repleta de memórias sensoriais latinas, como Almodóvar, as músicas românticas dos anos 70, do figurino desta década, do filme Cria Cuervos de Carlos Saura, entre outras referências da infância tanto do diretor como do elenco.
Mi Muñequita é uma obra teatral que faz rir e faz chorar, ou chorar de rir. Com seu excesso de sentimentos desesperados, tragédia e comédia se tornam estilos dramáticos inseparáveis e indistinguíveis.
A montagem deste espetáculo produzido pela Ponte Cultural foi viabilizada através do Prêmio Municipal de Incentivo à Cultura da Fundação Franklin Cascaes, em 2008 e integrou o projeto de itinerância do SESC/SC de 2009, o EmCena Catarina. Ainda no final de 2009 o espetáculo foi um dos ganhadores do Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura para nova circulação pelo estado, que começou no mês de março de 2010 por Joinville e São Francisco do Sul. A partir de abril de 2010, Mi Muñequita começa a sua turnê pelo Brasil através do Palco Giratório, o projeto de itinerância nacional do SESC.
Serviço: Mi Muñequita – SC

Local: salão de eventos do SESC Araxá
Dias: 06 e 07 de agosto
Hora: 20h
Valor R$ 3,00
Censura 16 anos
OFICINA DRAMATIZAÇÃO DO CORPO
Dramaturgia do Corpo: diálogos entre a dança e o teatro na formação do ator e da cena.
Ementa: Existem muitas metodologias possíveis para o desenvolvimento das qualidades do ator e da construção da cena. Para cada escolha estilística corresponde um procedimento artístico específico, e vice-versa. Neste workshop, a dança contemporânea é o mote para trabalhar a “presença cênica” do ator, pautada em exercícios que visam oferecer um maior conhecimento do próprio corpo e do corpo do outro.
Também é a base para a construção criativa de cenas, que tem no ator (na sua presença psicofísica) o principal eixo do fazer teatral. Nesse contexto, o corpo é gerador de significados próprios, que se situam numa zona limítrofe, entre o gesto figurativo e o movimento abstrato.
Carga horária: 8 h/dia da oficina: 08/08/2010 Horário: 09h às 13h e das 15h às 19h, Idade mínima: 18 anos.
Local: Teatro Porão SESC Araxá / Valor da Inscrição: R$5,00. Local da inscrição: Central de Atendimentos SESC Araxá. Apenas 20 vagas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *