É hoje, vote em Ana Vidigal para a cadeira do Audiovisual do Conselho de Cultura


A produtora e documentarista, Ana Vidigal, militante da cultura amapaense há mais de 20 anos, é candidata à vaga de conselheira, do Seguimento Audiovisual, do Conselho Estadual de Cultura do Amapá (Consec/AP).  

Além de trabalhar com cinema, comerciais e documentários de vídeos há duas décadas, Ana sempre lutou para conseguir mostrar a produção do audiovisual amapaense fora do Estado. As bravatas em favor do seguimento surtiram efeito. Em 2011, ela e outros profissionais da área, conseguiram o apoio do Governo do Amapá e realizaram o I Seminário Audiovisual Amapaense. 

Ana é briguenta, luta pela classe e pelo todo. Entre os benefícios para setor, por quais Vidigal lutou com outros militantes culturais, estão:

A realização do I Seminário Audiovisual Amapaense; o curso inédito para assistentes de câmera HD; a construção Centro de Produção Digital, que funcionará dentro da Universidade Federal do Amapá (Unifap) e a regularização da Associação Brasileira de Documentaristas (ABD/AP), órgão que ela preside no Amapá e do qual a produtora faz parte do Conselho Nacional, entre outros. 

A reputação de Ana a precede. Vou explicar. Ouço o nome dessa guerreira há tempos, inclusive, assisti produções assinadas por ela antes mesmo de ter qualquer tipo de contato com Vidigal. Após conhecê-la, constatei que, além de profissional competente, também é uma ótima pessoa, daquelas que possui luz própria. 


Por tudo isso, Ana Vidigal, com ampla experiência e conhecimento na área, é a pessoa mais preparada para ocupar a cadeira do seguimento no Consec. Eu, como jornalista e entusiasta da cultura amapaense, apoio a candidatura da produtora. 

Infelizmente, por não tenho direito a voto, por nunca ter trabalhado com televisão. Mas acredito que os profissionais do audiovisual, que respeitam e reconhecem o trabalho de Ana, a elegerão. 


A eleição para a conselheiro do Seguimento Audiovisual do Consec/AP acontece hoje (28), na sede do Consec, localizado na Avenida Cora de Carvalho, em frente à Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), no bairro Santa Rita, em Macapá. 

Podem votar no pleito todos os profissionais do setor audiovisual amapaense, sejam eles jornalistas de TV, cinegrafistas, editores, produtores, cadastrados no Consec. Boa sorte, Ana Vidigal! 


Elton Tavares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *