E o Oscar vai pra… mim! – Crônica de Ronaldo Rodrigues

images

Crônica de Ronaldo Rodrigues
Mais uma festa de entrega do Oscar. Desta vez, quebrei meu próprio recorde e assisti a mais de 60% da cerimônia. Já mereço um Oscar. Vamos perguntar à nossa comentarista especial, Glória Pires, o que ela achou da festa.
Glória Pires: – Bacana.

A polêmica virou piada e os próprios negros tiraram sarro da falta de atdownload (3)ores negros na lista de indicações. Mas por falar em piadas, as do apresentador continuam sem graça (pelo menos pra mim). Deve ser a tradução que faz perder o timing da piada. Ou porque todo mundo odeia o Chris. Vamos perguntar à nossa comentarista o que ela achou das piadas.
Glória Pires: – Legal.

download (5)Uma tradição foi quebrada: o uso de vestidos feios. As atrizes abriram mão de tantos babados dos anos anteriores e deixaram seus corpos mais à vista. O preço dos vestidos, feitos por grandes nomes da alta costura, continua nas alturas, mas os decotes estavam lá embaixo. Nossa comentarista que o diga, não é, Glória?
Glória Pires: – É!

download (4)E ele, finalmente, levou a taça. Desta vez, a estatueta de melhor ator foi parar nas mãos do Leonardo DiCaprio, ainda que eu tenha achado a atuação do urso bem melhor. Não vou me estender em comentários sobre o DiCaprio pra não me desentender com seus inúmeros devotos, mas sempre que o vejo atuando tenho a impressão de que, em algum momento, ele vai cair no choro procurando o colo da mãe. O que você achou, Glória?
Glória Pires: – Bacana.

images (2)Bem, gente. Estas são humildes opiniões de quem não assistiu a um filme sequer dos que concorreram, mas prometo fazer isso até o próximo Oscar. Eu boto fé nos atores, roteiristas, produtores e diretores hollywoodianos, mas não esqueço que o Oscar é a consagração da indústria do cinema e não da arte do cinema. Não é, Glória?
– Hein?

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*