É oficial: projeto de lei SOPA está “morto”!

Uma pequena-grande vitória para a liberdade da internet! A semana foi conturbada. Primeiro, o projeto SOPA começou a perder um pouco de seu suporte, e teve sua votação colocada em breve pausa. Na quarta-feira, rolou um mega blackout de mais de 75 mil sites, fazendo com que a maior parte dos congressistas americanos ficasse contra o projeto. Até Obama pediu que o projeto fosse arquivado.
Depois, o FBI tirou o MegaUpload do ar, gerando uma resposta violenta e imediata da Anonymous, o início de uma cyber-guerra.
Agora, chega a megaboga notícia: devido aos “recentes eventos”, o patrocinador-chefe da SOPA, o republicano Lamar Smith, retirou oficialmente a votação do projeto!
De acordo com ele, o congresso precisa analisar melhor a forma de abordar o assunto. Mas eles ainda tentarão passar leis contra a pirataria, porque “a pirataria é um problema severo nos EUA e no mundo, e deve ter alguma solução”.
E de fato é um problema, mas não com os números exagerados do político, que chega a citar “mais de $100 bilhões de dólares de prejuízo anualmente” apenas nos Estados Unidos. Pelo jeito, ele viu que não iria adiantar apresentar números absurdos (muito maior que o PIB de pequenos países) para dezenas de pessoas que mal sabem usar a internet, e resolveu sair fora pelo momento.
Lamar Smith também adiou a votação do PIPA, um projeto tão perigoso quanto o SOPA. Ou seja: o projeto SOPA foi congelado em Carbonita, mas ainda temos uma lei perigosa em questão que, se não obtiver a mesma quantidade de oposição, poderá passar e ser aprovada pelo congresso americano.
Vamos continuar atentos. Vamos continuar alertas e impedir a possível aparição de um político necromante para ressuscitar esta maldita lei!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *