É proibido peidar dentro do Empório do Índio, diz aviso no balcão

Peido é ruim. Incomoda tanto o flatulento, quanto sua vítima. Mas no Empório do Índio, pasmem, é proibido peidar na parte interna do estabelecimento. O Jorge Ney, popularmente como o “Índio”, proprietário do bar é conhecido por comentários diretos e francos. Foi taxativo no aviso “Proibido Peidar”.

Portanto, se você resolver tomar umas no balcão do Empório, é melhor conter a flatulência. Quem quiser se aliviar tem que sair e peidar. Nem mesmo os sócios remidos do Bar como Cleomar, Cuca, Kleber, Gilvana e outros amigos, tem permissão para bufar no recinto. Afinal, tá lá, escrito.

13055459_10204625334072165_1530300721802197964_n
Eu e o amigo Jorge Ney, o “Índio”, no Empório (do lado de fora, claro).

Dou razão ao Índio, afinal, a temperatura de um peido quando é criado é de 37º. Se o metano é fruto de uma carne com chicória então, sai de perto que se pegar no olho, cega. A proibição é justa, pois tem gasoso que parece descer abraçado na merda, de tão potente. Se silencioso então, é um ataque surpresa muito covarde.

emp-c3-b3rio

Sobre o Empório do Índio

O Empório do Índio é um espaço democrático que abriga todas as tribos e pensamentos. A Cerveja é sempre gelada, tem tira-gosto de charque e outros petiscos. Localizado no bairro Santa Rita, próximo ao Fórum de Macapá, o bar possui um ótimo atendimento e preço justo. Mas peidar lá dentro não pode não.

Elton Tavares

  • Avatar

    O Rascunho do Bar do Índio (Jorge Ney Miranda da Silva) vem lá dos idos de 1984, aí mesmo onde o Bar está localizado, era um dos nossos pontos de resenha na época, se bem que o Sr. Pedro Miranda (Pai do Índio)com o seu porronca sentava todas as tardes, era lá que articulávamos, nosso entretenimento para os finais de semana, comentários sobre as partidas de Futebol, já que todos na época jogávamos em algum Clube ou estávamos disputando campeonatos, enfim. A questão é que o lugar já era ponto de encontro e hj continua sendo um pouco mais sofisticado..!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *