Edital “Circula Amapá” da Secult: inscrições para artistas e produtores culturais encerram HOJE

A Secretaria de Estado da Cultura do Amapá (Secult/AP) informa que as inscrições para o Edital “Circula Amapá” encerram hoje (15). O prazo, que seria encerrado no dia 30 de junho, foi estendido por três vezes, com a finalidade de oportunizar os trabalhadores dos segmentos culturais que não conseguiram se inscrever no período estipulado anteriormente. As propostas podem ser encaminhadas por meio do formulário eletrônico, que se encontra no portal ‘ www.secult.portal.ap.gov.br ’, ou pelo e-mail [email protected]

O Edital “Circula Amapá” visa premiar 137 iniciativas da cadeia produtiva da cultura e das artes em todo Estado. A expectativa da Secult é receber propostas que propiciem experiências artísticas à população amapaense. A proposta prevê contemplar projetos artístico-culturais dos segmentos de Teatro, Dança, Circo, Música popular, erudita e instrumental, Audiovisual, Livro, leitura, literatura, Artes plásticas, artes visuais, Artesanato, Culturas populares, tradicionais e identitárias.

A chamada pública foi lançada no dia 18 de março pela Secult, por meio de emenda federal articulada pelo senador do Amapá, Davi Alcolumbre, com o intuito de valorizar e fortalecer a cultura amapaense, incentivando a produção local com políticas ampliadas para os projetos que favorecem a circulação de bens, produtos e serviços artísticos e culturais em âmbito local, estadual, nacional e internacional. Os prazos foram prorrogados por duas vezes, em atenção às circunstâncias atuais, provenientes da pandemia da Covid-19.

Segundo o secretário da Secult/AP, Evandro Milhomen, a ideia do edital é ampliar o acesso à cultura, uma política que a pasta sempre colocou como prioridade e, agora se torna ainda mais fundamental com a crise de saúde pública. “Com esse incentivo aos segmentos culturais do Estado, ganham os profissionais da cultura, mas principalmente a população do Amapá. Nesse momento triste que o mundo está vivendo, a cultura irá restaurar as esperanças e mostrará um novo caminho para todos nós, porque a humanidade se alimenta da esperança e do processo criativo que de se reinventar, que a cultura e a arte trazem”, ressaltou.

Marabaixo, manifestação artística da cultura popular do Amapá — Foto: Aydano Fonseca/Tambores e Bandeiras

Deste modo, o edital contemplará os múltiplos campos da cultura no Estado, abrangendo os segmentos popular, tradicional e identitária; teatro; arte circense; dança; artes visuais e/ou plásticas; artesanato; audiovisual; livro, leitura, literatura e biblioteca; e música. Poderão participar Microempreendedores Individuais (MEI) e pessoas jurídicas de natureza cultural, com ou sem fins lucrativos, que comprovem tempo de atuação de acordo com sua área pleiteada.

O projeto atenderá diversos profissionais do setor artístico, como, por exemplo, artistas, produtores, grupos, companhias, associações e demais agentes da cadeia produtiva da cultura. As premiações variam entre cinco e dez mil reais, de acordo com critérios estabelecidos no edital, totalizando um investimento na cultura de R$ 938 mil. Com essa medida, a pasta quer reconhecer o trabalho desenvolvido pelos empreendedores da cultura do Estado.

Atendendo o segmento da cultura popular, tradicional e identitária, o edital contemplará grupos de marabaixo e/ ou batuque, grupos ou comunidades tradicionais, entidades juninas tradicionais ou estilizadas e grupos de capoeira. Já na vertente da leitura, literatura e biblioteca, podem participar escritores (poetas, contistas, cronistas), contadores de histórias, mediadores de leitura e demais agentes.

Os interessados devem realizar o cadastro no Sistema Estadual de Informações e Indicadores Culturais – SEIIC, sendo pré-requisito para participar do edital . A Secult/AP disponibiliza em seu site vídeos, explicando aos interessados sobre o funcionamento do Edital e como proceder no ato da inscrição.

Foto: Divulgação Secom/GEA

Além disso, os técnicos da Secretaria também estarão à disposição dos artistas e produtores culturais para sanar quaisquer dúvidas sobre o certame, por meio de ligações e WhatsApp no número – (96) 98808-0736. O acesso também pode ser via o e-mail da Secult/AP: [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *