Égua-moleque-tu-é-doido: Condições de vida nos estados do Brasil (Amapá em último lugar) – Via @exame_com

vida1

Condições de vida básicas como coleta de esgoto, acesso à água e acesso a uma moradia digna são essenciais para que uma família tenha qualidade de vida.

Sendo assim, é possível dizer que boa parte dos brasileiros ainda não tem acesso a esses benefícios. Cerca de 30% da nossa população não tem acesso a saneamento básico adequado.

Já o déficit habitacional do país fica em 9%. Parece pouco, mas isso corresponde a 5,8 milhões de domicílios em condições insalubres, ou precariamente construídos.vida

Os dados nacionais são alarmantes, mas escondem ainda uma desigualdade regional. Enquanto estados como São Paulo lideram os rankings de saneamento e condições de vida, unidades como Amapá e Rondônia aparecem na lanterna na maioria dos quesitos. No Amapá, apenas 17,4% dos domicílios têm saneamento adequado.

Nas fotos acima você pode ver quais estados oferecem as melhores condições de vida para seus habitantes, e quais deixam mais a desejar. Os critérios analisados foram saneamento básico adequado, coleta de esgoto, coleta de lixo, abastecimento de água, déficit habitacional e presença de aglomerados subnormais (favelas e similares).vida11

As informações foram compiladas do estudo Desafios da Gestão Estadual, da consultoria Macroplan, com base nas seguintes fontes:

Os estados foram listados de acordo com a sua posição no ranking de saneamento básico adequado. Clique nas fotos para ver o desempenho em todos os critérios.

Veja a lista completa, com respectivas colocações dos estados, aqui.

* Dica do amigo Pedro Caio.

Fonte: Exame

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*