Em tempos de Copa do Mundo (meu texto sobre a magia do momento)


Em tempos de Copa do Mundo, a gente já acorda com vontade de tomar cerveja, de reunir a família e  amigos para comer churrasco e torcer juntos.  Em tempos de Copa, lembro de tanta coisa porreta que já rolou nos mundiais anteriores.

Em tempos de Copa, a gente faz bolão e independente de quem ganha, ficamos felizes, desde que o Brasil vença o jogo. Em tempos de Copa, a gente veste as cores do país e se sente mais patriota (pena que é só em tempos de Copa que o Brasileiro é mais nacionalista). 

Em tempos de Copa, lembro do Zico, do Romário e do Ronaldo, ídolos incontestáveis e caras que me deram muitas alegrias. 

Em tempos de Copa, lembro pouco das derrotas, dos gols perdidos e dos fracassos da seleção, pois a magia nos dá um otimismo convicto e uma sensação de invulnerabilidade sensacional. 

Em tempos de Copa, lembro das Copas da minha vida e sinto saudades de quem há muito torceu, bebeu e se emocionou junto comigo, como o papai, o Ita e o vô. 

Em tempos de copa, a gente confraterniza, vibra,  ri e chora. Em tempos de Copa, a gente se cerca de gente que ama e é feliz! 

Elton Tavares
Compartilhe isso!

Deixe um comentário

Commentários
  1. Edi Prado

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*