Embrapa participa da programação Junho Verde no Amapá

Como parte da programação Junho Verde 2020, da Secretaria Estadual de Meio Ambiente do Amapá (Sema), alusiva ao Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho), o chefe-geral da Embrapa Amapá, Nagib Melém, vai apresentar a palestra on line intitulada “Zoneamento Ecológico-Econômico do Amapá e Gestão Ambiental”, a partir das 9 horas (horário de Brasília) desta terça-feira, 09/06, por meio do link https://doity.com.br/junho-verde.

A programação Junho Verde 2020 se estende até 30 de junho, tendo como tema central “As Boas Práticas no Uso dos Recursos Ambientais para o Desenvolvimento com Sustentabilidade”. Compõem-se de palestras, mesas-redondas e fóruns. Traz ainda atividades em stands virtuais – voltados para empreendimentos – e o Click Ambiental, uma seleção de fotografias aberta para o público geral.

O que é o ZEE

O ZEE será um instrumento para licenciamentos e investimentos do Governo do Estado, de investidores privados, órgãos de pesquisas, e outros segmentos nos meios rural e urbano. Em linhas gerais, o Zoneamento vai ordenar oficialmente o território do Amapá, contemplando os aspectos econômicos, sociais e ambientais.

Atualmente o trabalho de campo está suspenso, devido às medidas restritivas de aglomeração determinadas pelas autoridades de saúde para combate à pandemia do novo coronavírus, mas prosseguem as atividades quem podem ser executadas em regime de home oficie. Os trabalhos do ZEE foram iniciados em dezembro de 2019 e com previsão de entrega para junho de 2022, e este período de suspensão de trabalhos de campo deverá ser compensado após a crise.

Na primeira fase foi elaborado o planejamento, ampliando a participação de várias instituições que atuam nos temas do ZEE, que são fauna, flora, solos, socioeconomia, patrimônio cultural, entre outros. Na segunda fase será feito o diagnóstico dos temas, quando as equipes vão a campo. Estão previstas para 2022 uma série de audiências públicas em municípios polos do Amapá. Na última etapa, o projeto do ZEE do Amapá deverá ser enviado em forma de Projeto de Lei do Executivo Estadual para ser apreciado e votado na Assembléia Legislativa.

Base Cartográfica do Estado do Amapá

O ZEE proposto para o Amapá será realizado em escala 1:250.000, elaborado segundo as diretrizes do Ministério do Meio Ambiente para zoneamentos estaduais. A Secretaria Estadual de Meio Ambiente já entregou a Base Cartográfica do Amapá ao pesquisador Sérgio Tosto, responsável pelas atividades no âmbito da Embrapa Territorial. Trata-se de uma plataforma de dados georreferenciados de todo o território estadual, elaborada pelo Exército.

O projeto do ZEE do Amapá é viabilizado por meio de um contrato de prestação de serviços entre a Embrapa, Governo do Amapá (contratante) e a Fundação Eliseu Alves (FEA). A coordenação deste projeto é formada pelo chefe-geral da Embrapa Amapá, Nagib Jorge Melém Junior; pelo técnico da Secretaria Estadual de Planejamento, Hebson Nobre; e pelo pesquisador do Instituto Estadual de Pesquisas Científicas e Tecnológicas (Iepa), Aristóteles Viana.

Saiba mais:

Plataforma do evento Junho Verde 2020: https://doity.com.br/junho-verde

Site do ZEE do Amapá: http://www.zee.ap.gov.br

Dulcivânia Freitas, Jornalista DRT/PB 1063-96
Núcleo de Comunicação Organizacional
Embrapa Amapá
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Macapá/AP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *