Empresários da cadeia do trigo participam da principal feira de negócios no setor

Por Denyse Quintas

O Amapá participa da Feira da Indústria de Panificação, Confeitaria e Food Service (Fipan) representado por um grupo de 23 empresários dos segmentos de panificação e cakes designers que fazem parte do Projeto Cadeia do Trigo do Sebrae. O evento ocorre no período de 25 a 28 de julho, no Expo Center Norte, em São Paulo capital. O objetivo é elevar a produtividade e a competitividade das Microempresas, Empresas de Pequeno Porte e do Microempreendedor Individual.

Segundo a diretora técnica do Sebrae, Isana Alencar, a missão empresarial reúne grupos de empresas organizadas, sob a coordenação da instituição, para apresentar aos empresários eventos de negócios e a busca de conhecimentos para melhoria nos empreendimentos locais.

De acordo com a gestora do Projeto Cadeia do Trigo do Sebrae, Vanusa Collares, a missão empresarial tem como meta e benefícios, obter informações técnico-comerciais; conhecer novos mercados, produtos, processo e tecnologias; divulgar a empresa; verificar o potencial dos produtos e serviços; conhecer a concorrência e práticas comerciais; estabelecer e estreitar contatos com potenciais clientes e fornecedores, e trocar experiências e conhecimentos com outros integrantes da missão.

Programação

A participação dos empresários amapaenses na Fipan, conta com uma extensa programação de atividades e conhecimentos onde terão a oportunidade de pôr em prática na empresa, entre elas, visita à estrutura da Fipan; Palestra sobre Massa Madre com Dr. Peter Stolz; Visita a Indústria Prática (empresa de máquinas e equipamentos); Conhecer as instalações da cozinha gourmet, produção e equipamentos; Visita em particular no stand da Empresa Imulzint para conhecer os insumos; e as empresárias cakes designers participam das oficinas na Arena do Confeiteiro em Bolos artísticos.

Fipan

A Fipan é promovida há 20 anos pelo Sampapão, sigla que reúne as entidades patronais de São Paulo. O público é formado por profissionais das áreas alimentícias, entre elas, padarias, restaurantes, supermercados, lanchonetes e cakes designers da área da produção e comercialização. “A feira tem como ponto chave, a marcante efetivação de negócios, já que, a mesma tem um percentual maior de proprietários, diretores e gerentes de grandes redes de restaurantes e padarias com alto poder de decisão”, disse a gestora do Projeto Cadeia do Trigo do Sebrae, Vanusa Collares.

Mercado

“O mercado de padarias e confeitaria vem passando por intensa inovação e desenvolvimento de novas tecnologias. O setor se beneficia do fato que o pão está entre os três alimentos mais consumidos pelos brasileiros, diariamente; é por esse motivo que uma missão empresarial também é de extrema importância para o sucesso de uma empresa”, finaliza a gestora do Projeto Cadeia do Trigo do Sebrae, Vanusa Collares.

Serviço:

Sebrae no Amapá
Unidade de Marketing e Comunicação: (96) 3312-2832

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*