Encerramento do Sesc Amazônia das Artes 2018: hoje rola exposição “Percepções” e performance do grupo de poesia Tatamirô

Hoje (17), a partir das 19h, na galeria Antônio Munhoz Lopes do Sesc Araxá, será realizada a vernissage da exposição “Percepções”, do artista Gabriel Archanjo. A mostra integra o cronograma do Sesc Amazônia das Artes edição 2018, iniciado no último dia 3 e encerra nesta sexta-feira.

Em seguida, a partir das 20h, no Salão de Eventos Sesc Araxá, o Sesc Amazônia das Artes 2018 será encerrado com a apresentação da performance poética “Palavr(Arma)dura” com poemas sonoros, do grupo de poesia Tatamirô.

Exposição “Percepções

Para conceber a exposição artista elabora um argumento expositivo a partir de imagens pictóricas selecionadas pela curadoria, em conjunto analisaram e refletiram sobre as possíveis investigações da materialidade, abrangência de técnicas, matização das cores suaves, oscilação entre experimentações sutis e poéticas que evocam questões ao mesmo tempo em que realiza experimentos formais.

No conjunto da obra do artista catalisa acontecimentos vivenciados por ele, no qual descreve e compreende um campo de investigação, agora transposto para o campo expositivo. A exposição objetiva estimular uma reflexão sobre as possibilidades de lidar com fraqueza e o isolamento, diante das questões sociais do nosso tempo e espaço territorial.

A exposição Percepções segue no período de 20 de agosto a 19 de setembro, com visitações públicas de segunda a sexta-feira, no horário das 9h às 11h e das 15 às 17h.

Gabriel Archanjo

Gabriel Archanjo Espírito Santo Neto nasceu em Teresina (PI), em 1963. Artista visual e publicitário. Realizou a exposição visual percepções pelo Sesc – Piauí em 2016, foi curador da Exposição Etnia e Resistência Contemporânea, em 2017 pela Secretaria de Cultura do Estado do Piauí, expôs a Rede Nacional de Artes Visuais – FUNART, Rio de Janeiro em 2018, participou da exposição coletiva no Arte Piauí em 2010, arte da Caixa – Caixa Econômica Federal em 1987, foi coordenador de Artes Visuais em 2013 – 2015 da Fundação Cultural Monsenhor Chaves. Atualmente trabalha como coordenador de arte e literatura na Fundação Cultural Monsenhor Chaves.

Tatamirô Grupo de Poesia

O Tatamirô Grupo de Poesia é um grupo amapaense de declamação de textos poéticos, sejam eles escritos na forma de prosa ou verso em suas múltiplas manifestações verbovocovisuais. Criado em Abril de 2009, o Grupo nasceu do desejo de dizer Poesia às pessoas. De colocar a voz a serviço da Poesia. De falar as coisas do mundo de forma diferente.

Amazônia das Artes

Pensada como uma estratégia, baseada nas políticas culturais do Sesc, para fomentar a produção artística amazônica e ser mecanismo para a desconstrução de fronteiras geográficas e culturais que dificultam a circulação de obras de arte por esta região, o projeto difunde trabalhos nas linguagens artes visuais, intervenção urbana/performance, artes cênicas, audiovisual, literatura, audiovisual e música. Além das apresentações, os artistas se encontram para compartilhar experiências e técnicas ou para participar das inúmeras oficinas ministradas pelos artistas em circulação para ampliar o contato com o público de onde estiverem. Em 10 anos foram realizadas mais de 1.500 apresentações com 700 artistas dos estados Acre, Amazonas, Pará, Roraima, Rondônia, Mato Grosso, Maranhão, Amapá, Tocantins e Piauí.

Serviço:

Encerramento do Sesc Amazônia das Artes edição 2018 com vernissage da exposição “Percepções”, do artista Gabriel Archanjo e apresentação da performance poética “Palavr(Arma)dura” com poemas sonoros, do grupo de poesia Tatamirô
Sesc Araxá
Rua Jovino Dinoa, 4311 – Beirol – Macapá/AP
Coordenadoria de Cultura
Fone: (96) 3241-2220 (Ramal – 239)
Entrada: gratuita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *