Escolas municipais participam de concurso nacional da CGU que visa combater a corrupção

img-20160919-wa0031

Alunos de dezesseis escolas da rede municipal de ensino, aderidas ao projeto da Controladoria-Geral da União (CGU) “Um por todos e todos por um! Pela ética e cidadania”, têm até sexta-feira, 30 de setembro, para encaminhar os trabalhos que concorrerão, em âmbito nacional, no 8º Concurso de Desenho e Redação da CGU. O projeto visa a prevenção da corrupção a partir das crianças e usa como materiais didáticos livros, cadernos e jogos do universo divertido da Turma da Mônica. O concurso é uma das fases da execução do projeto, que ocorre o ano todo nas escolas, com o envolvimento de mais de 50 professores, 16 coordenadores e aproximadamente 1.625 alunos, do 5º ano, que são capacitados para serem multiplicadores de boas atitudes.

O 8º Concurso de Desenho e Redação, promovido pela Controladoria-Geral da União e seus parceiros institucionais, é direcionado aos alunos do ensino fundamental e médio, incluindo Educação de Jovens e Adultos (EJA), das escolas públicas e privadas de todo o país, visando despertar nos estudantes o interesse pelos temas relacionados a controle social, ética e cidadania por intermédio do incentivo à reflexão e ao debate desses assuntos nos ambientes educacionais.

De acordo com o edital, os trabalhos apresentados serão examinados por comissão julgadora, composta por, no mínimo, cinco membros, a serem indicados pela CGU. Nas categorias de “1º ano do ensino fundamental” a “5º ano do ensino fundamental”, tipo desenho, o julgamento levará em conta a pertinência ao tema proposto pelo concurso e a criatividade do trabalho. Nas categorias de “6º ano do ensino fundamental” a “Educação de Jovens e Adultos”, tipo redação, o julgamento levará em conta a pertinência ao tema proposto pelo concurso, a criatividade, a clareza no desenvolvimento das ideias e a correção ortográfica e gramatical do texto.
img-20160919-wa0043
As escolas do município que fazem parte do projeto são: Amapá, Aracy Nascimento, Eunice das Chagas, Caetano Thomas, Cacilda Vasconcelos, Goiás, Hildemar Maia, Josafá Aires, Neusona, Odete Lopes, Raimundo Alencar, Rondônia, Jardim Felicidade, Eliana Flexa, Paraíso das Acácias e José Leoves.

O programa é uma parceria firmada entre CGU e Instituto Mauricio de Sousa, cujo objetivo é disseminar entre as crianças valores relacionados à participação social, democracia, autoestima, respeito à diversidade, responsabilidade cidadã e interesse pelo bem-estar coletivo. Por meio do universo divertido da turma da Mônica procura-se envolver estudantes, professores, familiares, escolas e comunidade em geral em reflexões relacionadas à gestão do Estado, do Município e à organização sociedade.

Nas escolas, muitas construções pedagógicas ocorrem ao longo do ano e os professores também participam de curso de formação em EAD (Educação a Distancia – Ambiente Virtual), no qual eles terão que se capacitar para trabalharem o objetivo do programa por intermédio de diversas atividades, com os kits disponibilizados pela controladoria.

Os alunos autores dos três melhores trabalhos em cada categoria receberão de premiações um tablet, certificado e reconhecimento emitido pela CGU. O professor responsável pela orientação do estudante autor do trabalho selecionado como primeiro colocado de cada categoria também receberá um tablet, certificado de premiação e reconhecimento emitido pela CGU. Cada uma das escolas vencedoras será premiada com um computador e certificado de escola cidadã emitido pela CGU. O resultado do concurso será divulgado até o dia 30 de novembro de 2016.

Rita Torrinha/Asscom Semed
Contato: 99189-8067

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*