Escritoras amapaenses se reúnem para foto histórica

Foto: Jhon Produções

Escritoras do Amapá ouviram o chamado de Giovana Madalosso, autora de “Tudo Pode Ser Roubado” e “Suíte Tóquio” e reuniram-se na manhã do último domingo (12), para um registro histórico ao lado da Fortaleza de São José de Macapá, tendo ao fundo a imensidão do Rio Amazonas.

Aproximadamente 30 mulheres escritoras trouxeram seus livros e suas experiências que foram trocadas ao som da caixa de marabaixo que ecoou entre as árvores e a brisa do rio, marcando o momento de união e força feminina na literatura.

Giovana Madalosso, conta que a ideia do registro com as escritoras do país foi inspirada numa fotografia de 1958, intitulada “Um grande dia no Harlem’, com grandes jazzistas daquela época. Então, pensou em fazer o mesmo com as escritoras, marcando esse momento histórico, quando há um recorde de mulheres publicando no Brasil.

Foto: Jhon Produções

Inicialmente, o registro seria somente com as escritoras de São Paulo, mas a ideia ganhou vida própria e se espalhou alcançando escritoras de todo o país, inclusive brasileiras que vivem no exterior.

Giovana Madalosso é escritora e colunista da plataforma de mudanças climáticas Fervura.

No Amapá, a escritora Rute Xavier foi a responsável pela organização do encontro para a foto.

Saiba mais no site da revista quatro cinco um: www.quatrocincoum.com.br

e no Instagram:

@gmadalosso
@nataliatimerman
@paulaccarvalho_

Mary Paes
Assessoria de imprensa
(96)98138-5712

  • Momento ímpar, dando visibilidade as escritoras do Amapá .
    Nossos agradecimentos ao Euton Tavares. blog De Rocha!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.