Escritos avulsos – Textos esparsos de Ronaldo Rodrigues (ilustrados por Ronaldo Rony)

Textos esparsos de Ronaldo Rodrigues. Com você, alguns insights, flagrantes, anotações de pensamento, cliques, flashs, tecos, pílulas, gotas ou o nome que queiram dar. Ilustrações do cartunista Ronaldo Rony.

O canivete brilha na mão direita da mulher. Na mão esquerda, pulsa o alvo do canivete: seu próprio coração.

Sobre a toalha do piquenique, a mulher decide sobre qual dos dois poetas levar pra casa.

A bicicleta passa em velocidade vertiginosa, deixando o pelotão atordoado. A mulher que conduz a bicicleta tem asas em seu capacete.

Peixes pulam de dentro do sax.

No quarto escuro, a mão e a cruz esperam o amanhecer.

Na sala de espera do aeroporto, o homem lê a manchete sobre a queda do avião.

Fumando desesperadamente, a sereia espera o boto, que deve estar por aí, bebendo com alguma piranha.

Um belo corpo de mulher flutua na floresta em chamas.

Fred Astaire e Ginger Rogers bailando sobre a lâmina.

O brilho do batom decompõe a luz de neon.

A marca das rodas da diligência escrevem uma mensagem que logo o vento irá apagar.

O tempo parou naquela casa, onde florescem ampulhetas no jardim.

A família antiga, no porta-retratos, ri do tempo que tentamos ganhar.

O astronauta chegando ao planeta distante pensa na onda que está perdendo e na cara de felicidade dos outros surfistas.

As freiras jogam futebol às quatro da tarde. Às seis, podemos vê-las nos bares discutindo aos berros as jogadas, em meio a palavrões que até Deus, na mesa ao lado, duvida.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *