Eu devia estar contente…

Eu ando cansado de andar em círculos. Cansado de falar e não ser atendido. Eu ando remoendo, desistindo e perdendo um pouco todos os dias. O problema maior é não perceberem que ando cansado e depois ser tarde demais.
Ouro de Tolo ( Raul Seixas)

Eu devia estar contente
Porque eu tenho um emprego
Sou um dito cidadão respeitável
E ganho quatro mil cruzeiros
Por mês…

Eu devia agradecer ao Senhor
Por ter tido sucesso
Na vida como artista
Eu devia estar feliz
Porque consegui comprar
Um Corcel 73…

Eu devia estar alegre
E satisfeito
Por morar em Ipanema
Depois de ter passado
Fome por dois anos
Aqui na Cidade Maravilhosa…

Ah!
Eu devia estar sorrindo
E orgulhoso
Por ter finalmente vencido na vida
Mas eu acho isso uma grande piada
E um tanto quanto perigosa…

Eu devia estar contente
Por ter conseguido
Tudo o que eu quis
Mas confesso abestalhado
Que eu estou decepcionado…

Porque foi tão fácil conseguir
E agora eu me pergunto “e daí?”
Eu tenho uma porção
De coisas grandes prá conquistar
E eu não posso ficar aí parado…

Eu devia estar feliz pelo Senhor
Ter me concedido o domingo
Prá ir com a família
No Jardim Zoológico
Dar pipoca aos macacos…

Ah!
Mas que sujeito chato sou eu
Que não acha nada engraçado
Macaco, praia, carro
Jornal, tobogã
Eu acho tudo isso um saco…

É você olhar no espelho
Se sentir
Um grandessíssimo idiota
Saber que é humano
Ridículo, limitado
Que só usa dez por cento
De sua cabeça animal…

E você ainda acredita
Que é um doutor
Padre ou policial
Que está contribuindo
Com sua parte
Para o nosso belo
Quadro social…

Eu que não me sento
No trono de um apartamento
Com a boca escancarada
Cheia de dentes
Esperando a morte chegar…

Porque longe das cercas
Embandeiradas
Que separam quintais
No cume calmo
Do meu olho que vê
Assenta a sombra sonora
De um disco voador…

Ah!
Eu que não me sento
No trono de um apartamento
Com a boca escancarada
Cheia de dentes
Esperando a morte chegar…

Porque longe das cercas
Embandeiradas
Que separam quintais
No cume calmo
Do meu olho que vê
Assenta a sombra sonora
De um disco voador…
  • Avatar

    Curto Raul…e essa música, apesar de ser um “Azão”(hits), é a que eu mais gosto. Isso porque ela diz um pouco de tudo que eu penso, viví, vivo e sei que sempre viverei, que é essa imensa vontade de querer e querer sempre mais, e quando vc consegue diz: “eu estou decepcionado! porque foi tão fácil conseguir e agora eu me pergunto: e daí? Eu tenho uma porção
    De coisas grandes prá conquistar e eu não posso ficar aí parado…”
    Então começa tudo outra vez…esse é o ciclo da vitória margeando a derrota! Grande abraço Elton! Essa música é muito porrada!!!

  • Avatar

    É a sede ou fome, pq o ser humano sempre quer mais, é o instinto da procura pela satisfação. Vai-se até onde deseja-se.
    É uma coisa básica até na inteligencia artificial > BDI < Belief + Desire + intention > Essa intenção vai ser mutável a cada momento de acordo com o que se acredita e deseja…
    😉
    Raul era foda e deixou muitos pensamentos extraordinarios a nós que servem-nos até hj. :D~

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *