Eu, feliz!

EuLoboMal

 

Estou felizão! Não se trata de amor, nem de dinheirão, muito menos emagreci (sigo desabunitado, mas bom de papo). Mas sim reconhecimento profissional. Também alegre pelos elogios dos amigos/colegas.

O saudoso Raulzito disse: “Eu devia estar contente porque eu tenho um emprego, sou um dito cidadão respeitável e ganho quatro mil cruzeiros por mês” (e eu estou), mas além de remuneração justa, é sempre bom ouvir: tenho ótimas referências de você!

No final de um ciclo, você tem simplesmente que ficar feliz se fez algo bem feito. E se outros acham isso também, é festa! Enfim, estou mais feliz que “pinto na merda”, como dizem alguns.

Agora fiquei feliz pra caralho! Hora de descer para o bar e rir.

“É bom olhar pra trás
E admirar a vida que soubemos fazer
É bom olhar pra frente
É bom, nunca é igual
Olhar, beijar e ouvir cantar um novo dia nascendo
É bom e é tão diferente” – Nando Reis

Elton Tavares

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*