Expedição Ciclos chega ao Amapá


A expedição Ciclos chega ao Amapá para realizar diversas ações artístico-educacionais, que permitirão intercâmbio de conteúdos e informação entre os produtores e consumidores de cultura na região, além da criação de uma rede de comunicação e interação entre os diversos polos de produção cultural na Amazônia. As atividades realizadas em Macapá iniciam neste sábado, 11, com passeio ciclístico, com concentração às 15h30 em frente ao Hotel Macapá e percorrerá toda a extensão da orla da cidade.


No dia 15 será realizada uma exposição em vídeo e fotografia no Museu Joaquim Caetano da Silva, às 19:00. O cineclube do Coletivo Palafita, o Cine Paraíso, também é um dos pontos que receberá a Expedição Ciclos, com uma mostra de curta metragens paraenses, na sexta-feira, 17, às 19h. Além de um circuito de palestras e debates sobre arte e cultura contemporâneos na Amazônia, em todas as atividades.

A ação encerra no sábado, 18, com o lançamento da Revista PZZ e do livro de poemas “Sementes da Revolta”, de Pedro Vianna, um dos idealizadores da expedição, na Casa Fora do Eixo Amapá, espaço múltiplo que funciona como moradia, escritório, fruição e hospedagem solidária, responsável por receber constantemente agentes culturais de todo o país interessados em trocar experiências e conhecimento.

A expedição volta para Belém no dia 19, e se prepara para partir para Manaus, no estado Amazonas no inicio do Mês de Março.

A Expedição Ciclos conta com o apoio do Governo do Estado do Pará, Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves, Instituto Amazônia Brasil e da Mekaron Filmes. No Amapá, apoio Coletivo Palafita, Federação Amapaense de Ciclismo, Museu da Imagem e do Som/AP, Festival Imagem-Movimento e /Casa Fora do Eixo Amapá. 
  
Expedição Ciclos

A expedição percorrerá as margens do Amazonas, seguindo de perto a trilha deixada pelas bicicletas na pele da floresta, o fotógrafo e video-maker Diogo Vianna, a escritora e produtora cultural Narjara Oliveira, o web-artist e vídeo-maker Kauê Lima; a produtora cultural Gabriela Lacerda; o músico, escritor e produtor cultural Pedro Vianna. 


Serão 15 dias imersos na realidade da capital Macapá e interior do estado, em um trabalho de pesquisa e coleta de dados, criação de conteúdos artístico-culturais e devolução desses conteúdos à comunidade local. Uma verdadeira maratona artística onde a fotografia digital, o vídeo-arte, a poesia, a música e a intervenção urbana, foram às linguagens escolhidas para interagir com a arte e a cultura amapaenses. A idéia é fortalecer esse processo de construção através do diálogo e da troca de conhecimentos e informações com instituições, grupos, coletivos e artistas da região, estabelendo assim parcerias significativas para a realização do projeto. 


O fotógrafo Diogo Vianna, um dos idealizadores da expedição, já apresentou o resultado da primeira etapa da Expedição Ciclos, na Galeria Theodoro Braga, em Belém: uma exposição com vinte fotografias, um vídeo-arte e uma instalação. A exposição Ciclos apresentou a preocupação estética de Diogo Vianna em construir uma obra não limitada a aprender de forma documental a bicicleta na realidade amazônica, mas que se revelasse em uma poética derivada da relação entre o homem e a bicicleta.

O material foi produzido ao longo de mais de 2 anos de trabalho, incluindo pesquisa, e captação de imagens, na região metropolitana de Belém e no interior do Estado do Pará. Além disso, o projeto levou para a Fundação Cultural do Pará Tancredo Neves uma programação paralela incluindo: uma seção especial no Cine Líbero Luxardo, com o filme “Bicicletas de Beleville”, seguida de bate papo com o escritor Pedro Vianna; um passeio ciclistico em parceria com o EART, com mais de 200 participantes; além de servir de palco para o projeto Atrito: um labóratório de criação coletiva no espaço da Galeria Theodoro Braga, com vários artistas convidados. Entre eles Alexandre Cerqueira, artista visual; Renato Torres, músico e escritor; João Cirilo, artista visual; Leo Chermont, músico e produtor do Casarão Cultural Floresta Sonora; Tom Salazar, compositor e guitarrista; Ulisses Parente, fotógrafo e artista-visual; o ator e performer Netto Dugon; e o músico e escritor Pedro Vianna.

Serviço

Programação Completa:

11/02
Passeio Ciclístico pela Orla de Macapá
Horário: Concentração às 15h30 em frente ao Macapá Hotel

15/02
Intervenção Urbana no Museu Joaquim Caetano da Silva
Horário: 19:00

17/02
Mostra de Curta Metragens
Local: Cine Paraíso
Endereço: Avenida Mendonça Furtado (Salão João XXIII)
Horário: 19h
Entrada Franca

18/02
Lançamento da Revista PZZ e do livro de poemas “Sementes da Revolta”
Local: Casa Fora do Eixo Amapá
Horário: à definir
Local: Avenida Henrique Galúcio, 820
Entrada Franca


Para saber mais: http://www.expedicaociclos.blogspot.com

Karen Pimenta
(96) 8127-8495/ 3225-1281
@karenpimenta_
 skype: karenpalafita
msn: karensantospimenta@hotmail.com

Coletivo Palafita | Ponto Fora do Eixo – Macapá (AP)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *