Exposição de artista do Amapá mostra memórias familiares em ‘cuias’

exposiçãosesc

Por Fabiana Figueiredo

As memórias reproduzidas em objetos comuns do cotidiano de uma bisavó foi o tema escolhido pela artista plástica amapaense Carla Marinho para a próxima exposição de arte dela. As obras, fruto de estudo da artista, farão parte da mostra gratuita “Cuias Relicários de Lembranças”, que estará aberta para o público a partir de hoje (6), na Galeria de Arte Antônio Munhoz Lopes, no Sesc Araxá, Zona Sul de Macapá.

A exposição é composta por 25 cuias e 20 desenhos. Os objetos pertenceram à bisavó de Carla, chamada carinhosamente de Mãe Velha. Segundo a artista, os objetos representam a memória da matriarca da família, porque eram bastante comuns na casa da bisavó.

As obras são resultado de entrevistas feitas com 4 mulheres membros da família e desenhos feitos por elas, representando memórias da Mãe Velha.

As cuias fazem parte do cotidiano de uma mulher que saía de casa para colher leite das seringueiras, pescar, fabricar farinha, entre outras atividades comuns de um morador da vila de Ferreira Gomes.

Carla Marinho é macapaense, com estudos na área das artes visuais. Atualmente ele atua como professora do Centro de Educação Profissional em Artes Visuais Cândido Portinari, em Macapá.

A exposição ficará aberta ao público até o dia 23 de abril, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 11h30 e das 14h30 às 17h30 e está disponível para agendamento de visitação com mediação educativa.

Serviço

Exposição de artes “Cuias Relicários de Lembranças”
Período: de 6 de março a 23 de abril
Lançamento: 6 de março, às 19h
Local: Galeria de Arte Antônio Munhoz Lopes, no Sesc Araxá
Entrada: gratuita

Fonte: G1 Amapá

Compartilhe isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*