Feliz aniversário, Andreza Gil!

Hoje a Andreza Gil gira a roda da vida. Gosto demais dessa menina. Ela é, sobretudo, uma mulher do bem. A moça chega aos 24 anos com aparência de 16 e alma de 98 (sempre disse que ela é uma velha num corpo jovem).

Andreza é dançarina de marabaixo, militante da cultura, pesquisadora da Música Popular Amapaense, membro do grupo Poesia na Boca da Noite, poeta, jornalista e assessora de comunicação, além de muito querida. Gil era leitora do meu antigo blog, depois passou a ser colaboradora, sempre mandando poemas lindos. Ao longo do tempo, virou broda. Nos aproximamos ainda mais no fim de 2018.

Mesmo tão jovem, a querida é madura, responsável e admirável. Sempre digo a ela – em vão – para não exigir tanto de si mesma. Além de todas as contribuições culturais já dadas ao Amapá (sim, ela divulga, participa, organiza, poetisa, apoia, já participou de Bienal e tals), Gil é uma daquelas pessoas que você tem certeza que ainda surpreenderá a todos positivamente, e muitas vezes.

Andreza é uma pessoa brilhante, linda por dentro e por fora e amada por todos que têm a honra e o prazer de conviver com ela.

Gil, sei que faz tempo que não conversamos, mas sabes que podes contar sempre comigo. Parabéns pelo teu dia. Que sigas firme nos teus propósitos e que teus sonhos se realizem. Talento, tens de sobra. Vontade, idem. O resto será consequência. Que tenhas sempre saúde para toda a lindeza que te aguarda. Amo você. Feliz aniversário!

Elton Tavares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *