Feliz aniversário, Fernandinho Bedran!

Hoje (13) é aniversário do degustador de heinekens enevoadas, rosa-cruz, gerente comercial, dos quadrinhos de Asterix, amante de boa música, ilustre morador de Santana, melhor papo de bar que conheço, além de querido amigo, Fernando Bedran. 
 
O cara não é somente mais um paraense que escolheu o Amapá para viver, mais sim um cara inteligentíssimo, biriteiro, engenhoso, boêmio, malandro (no bom sentido da palavra), perspicaz e sagaz. 
 
Além disso, Bedran é o titular da Divisão Internacional da Vida Alheia (D.I.V.A.), no Amapá, recordista intergalático da gente bonisse e mestre em paidéguice boêmia.
EueFernandoBedran
Sim, Fernandinho é um dos que usam o hemisfério esquerdo do cérebro. O figura consegue discorrer sobre as coisas de forma diferente, sempre com sacadas geniais, sarcasmo, ironia fina e pérolas da boa sacanagem. 
 
Em qualquer boteco de Macapá, tomar umas com ele é diversão e aprendizado garantido. Meu irmão, Emerson Tavares, diz que Bedran é melhor para tomar cerveja do que tira-gosto de charque. Uma figuraça que todo botequeiro, boêmio ou ser que ama os papos de mesa de bar deveria conhecer. 
 
Durante nossas bebedeiras habituais, cada vez mais raras hoje em dia, aprendi e ri mais ainda com ele e dele. A mesa ideal, quando dona Euda ainda nos brindava com sua terna presença em seu boteco era: eu, Bedran, Fernando Canto e Tãgaha Luz. Puta merda, como era porreta!
 
Aliás, os papos com o sacana renderam textos para este site, de tão bons que são. Enfim, Bedran é uma figuraça. Um pensador, poeta dos bares, um cara que parece conhecer de tudo. Um maluco e tanto. Fernandinho, meus parabéns, sacana. Tô com muitas saudades de ti (te faz presente, bicho!). Desejo tudo de melhor na sua vida hoje e sempre. Feliz aniversário, meu amigo!
Elton Tavares
*Texto republicado, mas de coração

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *