Festa de São Tiago – Tradição que veio da África – Via @alcinea

Foto: Márcia do Carmo

A festa de São Tiago é uma tradição trazida da África pelas famílias de colonos portugueses, em decorrência dos conflitos político-religiosos entre portugueses (cristãos) e muçulmanos (mouros). Realizada desde 1777, na Vila de Mazagão Velho, o evento consiste na encenação de um espetáculo de fé, que conta a história do guerreiro Tiago, soldado anônimo que lutou ao lado do povo de Cristo, ajudando a vencer as grandes batalhas contra os mouros.

A apresentação é realizada a céu aberto e conta com personagens épicos.

A tradição resistiu ao tempo e é comemorada desde o século 18 até os dias de hoje. Para que essa cultura não seja perdida, as crianças também apresentam um espetáculo.

Foto: Márcia do Carmo

Feriado

Em julho de 2012 foi instituído feriado estadual no Amapá em alusão ao dia de São Tiago, celebrado no dia 25 de julho. A medida é resultado do projeto de lei de autoria da deputada estadual Marília Góes.

Quem foi São Tiago

Tiago era filho de Zebedeu e Salomé, irmão do também apóstolo João, o Evangelista. Ao ser chamado por Cristo para ser seu apóstolo, Tiago abandonou tudo que tinha e seguiu Jesus. Foi um dos mais fiéis discípulos de Cristo, o primeiro entre os doze apóstolos a derramar o próprio sangue pelo Evangelho.

De acordo com a história, quando estava sendo martirizado, Tiago teria abraçado um dos carcereiros e lhe desejado a “Paz do Senhor”. Este, comovido com tal ato, foi convertido e aceitou a fé de Cristo, sendo também martirizado em companhia com o apóstolo.

São Tiago Maior é considerado o santo protetor dos cavaleiros, peregrinos, farmacêuticos, veterinários e químicos. E é o padroeiro da Espanha, da Guatemala, do Chile e da Nicarágua.

Vídeo – Documentário sobre Mazagão e a festa de São Tiago

Excelente documentário, feito por Gavin Andrews sobre Mazagão Velho e a Festa de São Tiago. Tem duração de 45 minutos e vale muito a pena assistir. Se você não tiver tempo para assistir agora, salve em seus arquivos o link e assista depois. Mas não deixe de assistir para conhecer um pouco da história dessa cidade que atravessou o atlântico e sua maior e rica manifestação cultural e religiosa.

Fonte: blog da Alcinéa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *