Festeiros da Favela pedem que devotos fiquem em casa e fazem transmissão do Marabaixo da Aceitação através da Live Solidária

Para manter a tradição em tempo de cuidados e isolamento, os devotos da Santíssima Trindade dos Inocentes do barracão da Dica Congó, na Favela, farão abertura do Ciclo do Marabaixo 2020, seguindo a tradição, no Sábado de Aleluia. Assim como demais eventos culturais, este costume também foi adequado para evitar o alastramento do coronavírus. Elísia Congós reforça que o barracão estará fechado, e a ladainha e roda de marabaixo serão feitos por um pequeno grupo de marabaixeiros e podem ser acompanhados de casa.

O Marabaixo da Aceitação, que dá início ao Ciclo, será transmitido através de uma live no facebook e Instagram, e através do Sistema Beija-Flor (TV Tucuju). Ladainha e roda de marabaixo fazem parte do ritual e neste ano, com a garantia saúde, principalmente dos mais idosos e dos que fazem parte do grupo de risco. A abertura do Ciclo do Marabaixo também será um momento de solidariedade, e uma campanha de arrecadação será incentivada pelo grupo Raízes da Favela, que realiza os festejos no barracão da Dica Congó.

Os organizadores lamentam a ausência dos rezadores tradicionais, seu João e Chico da Lagoa, por causa da idade avançada, porém a ladainha será conduzida pela nova geração de devotos e marabaixeiros, formada por jovens e adolescentes do Amapá, que dão continuidade às tradições religiosas e do calendário do Ciclo do Marabaixo. “Temos que preservar a saúde de todos, somente um pequeno grupo estará cumprindo nossa obrigação ancestral”, disse Elísia.

O jovem Alexandre Queiroz estará à frente da ladainha e a roda de marabaixo. Estão confirmados os tocadores Marcelo Coimbra e Marcus Paes, e os cantadores são Elísia Congó, Fábio Sacaca, Alan Cruz e Sarah Cardoso. “Estes meninos e meninas se prepararam para assumir a continuação das tradições religiosas do Amapá, e com certeza darão conta”, afirma Elísia Congó.

Na Favela, os devotos seguem a tradição e festejam e louvam a Santíssima Trindade dos Inocentes, e os rituais seguem até o Domingo do Senhor, em 14 de julho. Os festeiros não sabem ainda como irão acontecer as tradições até o final do Ciclo do Marabaixo, que envolvem a retirada dos mastros, levantamento e derrubada dos mastros, missa, novenas, baile e Almoço dos Inocentes, mas afirmam que irão seguir todas as determinações dos órgãos de saúde.

As transmissões acontecem neste sábado, 11 de abril. A ladainha inicia às 18:30, e roda de marabaixo das 19:30 até 21h. Os devotos podem acompanhar através dos seguintes endereços: Instagram : @Monsieur.loureiro (Alan), e Facebook : Página Do Raízes da Favela – Dica Congó. Ou ainda pela Tv Tucuju – Canal 24. Os números para doação são 99100-9532 (Alan Loureiro) e 99124-7597 (Elisia Congó).

Mariléia Maciel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *