Festival reúne 12 peças gratuitas de teatro do AP e premia a melhor com R$ 3 mil

‘A mulher do fim do mundo’ foi a vencedora do 2º Festival Curta Teatro, de 2017, e será reapresentado nesta quinta-feira (26), em Macapá (Foto: Casa Circo/Divulgação)

Por Fabiana Figueiredo

Doze experimentos teatrais inéditos, produzidos por grupos do Amapá, serão apresentados gratuitamente neste fim de semana. Eles vão concorrer ao título de melhor espetáculo curto, ao Troféu Creuza Bordalo e ao prêmio de R$ 3 mil em dinheiro. A programação faz parte do 3º Festival Curta Teatro, que inicia nesta quinta-feira (26), no Centro de Macapá.

As produções de companhias, coletivos, produtores e artistas independentes serão apresentadas no palco no Teatro das Bacabeiras. A programação tem como proposta estimular o teatro local.

“Quando a gente pensou no festival em formatos curtos e a premiação, a ideia é que o grupo vencedor possa continuar a pesquisa acerca daquele trabalho e, posteriormente, o experimento se torne um espetáculo. O que é interessante é que os dois que venceram nos festivais anteriores foram contemplados em editais para circularem pelo Brasil”, falou Cláudio Silva, produtor do festival, que é organizado pela Companhia Ói Nóiz Akí.

A cada ano, a programação homenageia algum artista, e na terceira edição vai destacar o trabalho da atriz e diretora amapaense Cecília Lobo. Ela vai fazer uma apresentação na abertura do festival.

O evento também terá exibição de espetáculos de dança, da peça vencedora do 2º Festival Curta Teatro, “A mulher do fim do mundo”, da companhia Casa Circo, e do espetáculo convidado “A viagem do brincante”, solo de Flávio Goncalves, professor do curso de teatro da Universidade Federal do Amapá (Unifap).

A programação inclui atividades formativas, cujas inscrições podem ser feitas no momento da oficina, ou através do e-mail [email protected]

Além do melhor curta, o festival vai premiar os melhores em processo cênico, direção, concepção sonora, caracterização, dramaturgia, ator, atriz, ator coadjuvante e atriz coadjuvante. O resultado do festival será divulgado ainda no domingo (29), segundo a organização do evento.

Teatro das Bacabeiras, em Macapá, será palco do 3º Festival Curta Teatro (Foto: Fabiana Figueiredo/G1)

Serviço:

3º Festival Curta Teatro
Período: de 26 a 29 de abril
Local: Teatro das Bacabeiras (Rua Cândido Mendes, entre as avenidas Mário Cruz e General Gurjão, no Centro de Macapá)
Toda a programação do festival é gratuita

Programação

Dia: 26 de abril (quinta-feira) | Abertura

19h – Movimento Unidança (participação especial)
19h20 – Apresentação da artista homenageada – Cecília Lobo
20h – “A mulher do fim do mundo” (espetáculo convidado)

Dia: 27 de abril (sexta-feira) | Mostra competitiva

19h – Movimento Unidança (participação especial)
19h35 – Processo/experimento cênico: “Baile de máscaras e a epifania do despertar”
20h – Processo/experimento cênico: “Florescer-me-ei”
20h30 – Processo/experimento cênico: “Frontíspicio”
21h – Processo/experimento cênico: “Sobre (VIVER)”

Dia: 28 de abril (sábado) | Mostra competitiva

19h – Movimento Unidança (participação especial)
19h35 – Processo/experimento cênico: “A história se escreve em vermelho”
20h – Processo/experimento cênico: “A origem das bolhas”
20h30 – Processo/experimento cênico: “Você não me ensinou a te esquecer, mas eu não sou abrigada a nada”
21h – Processo/experimento cênico: “Chica, fulô de mandacaru”

Dia: 29 de abril (domingo) | Mostra competitiva

19h – Movimento Unidança (participação especial)
19h35 – Processo/experimento cênico: “Jornada bufa”
20h – Processo/experimento cênico: “Viajantes”
20h30 – Processo/experimento cênico: “O tribunal do circo”
21h – Processo/experimento cênico: “Nós entre nós”
21h30 – “A viagem do brincante” (espetáculo convidado)
Anúncio do resultado do 3º Festival Curta Teatro
Atividades formativas
Construção de narrativas para dramaturgias
Dias: 27 e 28 de abril (sexta e sábado)
Hora: 9h
Facilitador: Joca Monteiro

Oficina de preparação musical para atores e não atores
Dias: 27 e 28 de abril (sexta e sábado)
Hora: 15h
Facilitador: Paulo Bastos

Fonte: G1 Amapá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *